NotíciasSegurança

Kaspersky lança solução de segurança Antidrone

O módulo de detecção principal faz a procura de um drone através de câmaras de vídeo combinadas com sensores de áudio, radar e tecnologia LIDAR, conforme as necessidades do cliente e do ambiente.

Kaspersky

A Kaspersky lançou uma nova solução, concebida para defender empresas e particulares da invasão não autorizada de drones.

O software da nova solução da Kaspersky coordena o trabalho de vários módulos de hardware fornecidos pela rede de parceiros e é capaz de distinguir os drones de outros objectos voadores.

O módulo de detecção principal faz a procura de um drone através de câmaras de vídeo combinadas com sensores de áudio, radar e tecnologia LIDAR, conforme as necessidades do cliente e do ambiente. O uso de um scanner laser para determinar a posição/localização de um drone é uma funcionalidade exclusiva do Kaspersky Antidrone.

Mas como é que tudo isto funciona, na prática? Em primeiro lugar, quando se detecta um objecto em movimento no céu, as suas coordenadas são transmitidas para um servidor específico que as envia para uma unidade especial.

Consoante os dados de detecção principal, esta unidade gira até ao objecto, segue-o e depois a câmara amplia-o. Ao mesmo tempo, uma rede neuronal artificial, concebida para distinguir os drones de outros objectos em movimento, analisa o objecto que surge no vídeo. Se este for um drone, o servidor envia um comando ao módulo responsável por interferir com a comunicação entre o dispositivo e o seu controlador.

Como resultado, o drone regressa ao lugar de onde foi lançado ou aterra na mesma localização onde perdeu o sinal com o controlador. Isto significa que o dispositivo é controlado sem que exista qualquer dano, uma vez que não há contacto físico com a aeronave.

Este software pode ser entregue como solução única e independente num hardware de terceiros, como versão mobile (por exemplo, para ser utilizada na parte superior de veículos todo-o-terreno), ou integrada com outros sistemas de monitorização, incluída na infraestrutura dos “lares inteligentes”.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×