DicasGuia completo

Depois do fim da funcionalidade ‘Grupo Doméstico’, veja como partilhar ficheiros e impressoras com o Windows 10

Apesar do 'Grupo Doméstico' ter sido removido no Windows 10, pode continuar a partilhar ficheiros e impressoras da mesma forma. Basta seguir estes passos.

Impressora

O Home Group, ou Grupo Doméstico na versão portuguesa do Windows, era uma funcionalidade que servia para facilitar o processo de partilha de recursos, como ficheiros e impressoras, por todos os utilizadores que estavam ligados em rede. Contudo, desde o lançamento da actualização de Abril de 2018 do Windows 10 (versão 1803), a Microsoft decidiu descontinuar esta funcionalidade e removeu todos painéis de definições do sistema operativo, mas ainda assim manteve algumas referências em vários locais.

Em vez dessa funcionalidade, a Microsoft quer que se comece a utilizar novas funcionalidades como a ‘Partilhar’, ‘Partilha de proximidade’, o serviço OneDrive e as opções de partilha de ficheiros e impressoras, que oferecem funcionalidades avançadas, mas com mais ou menos a mesma experiência de utilização.

Neste guia vamos mostrar como é que se consegue partilha ficheiros e impressoras na sua rede doméstica (ou local), sem recorrer ao ‘Grupo doméstico’.

Como partilhar ficheiro sem recorrer ao ‘Grupo doméstico’ no Windows 10

O Windows 10 oferece uma grande variedade de forma de partilhar ficheiros e pastas, incluindo a óbvia funcionalidade ‘Partilhar’, o serviço OneDrive e as configurações mais completas que são proporcionadas pela partilha de pastas.

Partilhar ficheiros através da funcionalidade ‘Partilhar’

Quando necessita de partilhar (ou enviar) um ou vários ficheiros para outro computador que esteja ligado à sua rede doméstica, pode utilizar a funcionalidade ‘Partilhar’, que está incluída no ‘Explorador de ficheiros’ e em várias aplicações.

Abra o ‘Explorador de ficheiros’.

Aceda ao local do disco onde está a pasta que quer partilhar.

Escolha uma pasta ou várias.

Partilhar

Clique no separador ‘Partilhar’. Em alternativa pode clicar com o botão direito do rato em cima das pastas que seleccionou e escolher a opção ‘Partilhar’ no menu de contexto.

Clique no botão ‘Partilhar’.

Escolha um contacto, um dispositivo próximo ou uma das aplicações compatíveis e siga a s instruções que aparecerem no ecrã.

Se quiser partilhar ficheiros com um dispositivo que esteja na rede, terá de ter a funcionalidade ‘Partilha de proximidade’ ligada, tanto no seu dispositivo, como no dispositivo de destino, para que tudo funcione como deve ser.

Partilhar ficheiros através do OneDrive

Para partilhar ficheiros usando a sua conta do serviço de cloud OneDrive, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’.

Escreva Onedrive e clique no primeiro resultado que aparecer para abrir a pasta ligada ao serviço que está definida no seu disco.

Clique com o botão direito do rato em cima daquilo que quiser partilhar e escolha a opção ‘Partilhar uma ligação do OneDrive’ para criar e colocar uma hiperligação na Área de Transferência.

Clique com o botão direito do rato numa mensagem de email, publicação numa rede social ou qualquer outra aplicação de mensagens e escolha a opção ‘Colar’. Assim que o destinatário receber a mensagem será capaz de clicar na ligação e aceder ao conteúdo que partilhou, mesmo que o seu computador não esteja ligado.

Personalizar as opções de partilha com o OneDrive

Quando partilha conteúdos através do OneDrive pode também personalizar a forma como são partilhados. Por exemplo, pode permitir, ou não, a edição, definir uma password de acesso e uma data de validade:

Aceda ao menu ‘Iniciar’.

Escreva OneDrive e clique no primeiro resultado que aparecer para abrir a pasta ligada ao serviço que está definida no seu disco.

Clique com o botão direito do rato na pasta que quiser partilhar e escolha a opção ‘Mais opções de partilha para o OneDrive’.

Defina as preferências de partilha para esse conteúdo. As opções incluem a possibilidade de permitir, ou negar, a edição, definir uma data de validade da partilha e uma password de acesso.

Clique na opção ‘Obter uma ligação’.

Clique em ‘Copiar’ para colocar essa ligação na Área de Transferência.

Clique com o botão direito do rato numa mensagem de email, publicação numa rede social ou qualquer outra aplicação de mensagens e escolha a opção ‘Colar’. Assim que o destinatário receber a mensagem será capaz de clicar na ligação e aceder ao conteúdo que partilhou, com as definições que escolheu, mesmo que o seu computador não esteja ligado.

Partilhar ficheiros através do ‘Explorador de ficheiros’

Se necessita de partilhar vários ficheiros na rede local, ou se quiser criar uma localização central que os vários utilizadores possam utilizar para a partilha de ficheiros, a utilização das opções de partilha do ‘Explorador de ficheiros’ é a melhor opção.

Para definir uma partilha básica no Windows 10, em que os utilizadores possam gravar e modificar ficheiros, faça o seguinte:

Aceda ao ‘Explorador de ficheiros’.

Aceda à localização que contém a pasta com o conteúdo que quiser partilhar.

Clique com o botão direito do rato em cima da pasta e escolha a opção ‘Conceder acesso a’ e clique na opção ‘Pessoas específicas’.

No assistente ‘Acesso à rede’, use o menu para escolher os utilizadores com os quais quer partilha a pasta e o seu conteúdo. As opções disponíveis incluem:

Utilizadores locais – Aqui pode escolher de entre as contas que estão já configuradas no computador. O utilizador terá de inserir as suas password e nome de utilizador para conseguir aceder aos ficheiros. Se o utilizador já tiver o login feita, não terá de inserir informação nenhuma.

Todos – Partilha o conteúdo com qualquer pessoa ligada à rede, sem necessidade de inserir qualquer password ou nome de utilizador.

Nota: Também existe uma opção para criar uma conta nova, mas não funciona. Isto porque a partir do Windows 10 já não é possível criar uma conta de utilizador através do painel de controlo. Existem também algumas referências ao ‘Grupo doméstico’ que também não funcionam.

Clique em ‘Adicionar’.

Na coluna ‘Nível de permissão’, clique no botão ‘Permissões’ e especifique os privilégios de acesso:

Leitura – Dá a capacidade aos utilizadores de ver a lista e abrir os ficheiros, mas não poderão modificá-los ou apagá-los. Também não terão a hipótese de carregar ficheiros ou criar novas pastas.

Leitura/Escrita – Permite aos utilizadores verem a lista de ficheiros, abri-los, modificá-los, apagá-los, carregar ficheiros e criar novas pastas.

Remover – Bloqueia o acesso á pasta ao utilizador em questão.

Clique no botão ‘Partilhar’.

Clique com o botão direito do rato no caminho para a pasta e escolha a opção ‘Copiar ligação’.

Clique no botão ‘Fechar’.

Depois de completar estes passos poderá partilhar a ligação com os outros utilizadores da rede local.

Como aceder a uma pasta partilhada

Abra o ‘Explorador de ficheiros’.

Clique com o botão direito no campo onde aparecem os caminhos das pastas e cole o caminho que copiou no tutorial anterior.

Aceda e modifique os ficheiros que quiser.

Se estiver ligado com as credenciais que correspondem às que estão no dispositivo onde está a partilha, pode não ser necessário voltar a a inseri-las para aceder à pasta partilhada. Conteúdo, se lhe for pedido que insira as credenciais, terá de inserir umas que existam no computador onde está a partilha.

Em alternativa os utilizadores podem usar a página ‘Rede’ que está no ‘Explorador de ficheiros’ para procurar as partilhas e ficheiros que possa usar.

Os ficheiros partilhados só estão disponíveis quando o computador que os contém está a funcionar e ligado à rede.

O que fazer quando há problemas

Quando está a partilhar uma pasta, ou impressora, em casa ou num pequeno escritório, pode acontecer que não consiga aceder ao recurso pretendido a partir de outros dispositivos por causa de problemas em traduzir o nome do computador para um endereço IP, problemas com a firewall ou quando o perfil de rede está definido para público.

Identificar o endereço IP

Normalmente consegue-se ultrapassar os problemas de tradução dos nomes usando os endereços IP dos dispositivos em vez dos nomes nas ligações de partilha.

Para saber o um endereço IP faça o seguinte:

Aceda às ‘Definições’.

Clique em ‘Rede e Internet’.

Clique em Ethernet ou Wi-fi (consoante o que estiver a utilizar).

Clique na ligação.

 

IP

Em ‘Propriedades’ verá o endereço IPv4.

 

Para aceder através da rede substitua o nome do computador pelo endereço IP.

Depois da alteração fica qualquer coisa como: ‘//192.168.1.3/Partilha’.

Definir a rede como privada

Se o dispositivo estiver a utilizar um perfil de rede público, uma pasta ou impressora que esteja a partilhar não será descoberta e em resultado, se tentar aceder, terá de inserir as credenciais. Para evitar este problema terá de mudar o perfil de rede para privado:

Aceda às ‘Definições’.

Clique em ‘Rede e Internet’.

Clique em Ethernet ou Wi-Fi (consoante o que estiver a utilizar).

Rede

Clique na ligação.

Em ‘Perfil da rede’ escolha a opção ‘Privada’.

A partir desse momento poderá aceder às pastas e impressoras partilhadas através desse dispositivo.

Permitir a comunicação através da firewall

Se for a firewall do Windows que está a limitar a comunicação, pode desligá-la temporariamente nos dois dispositivos para diagnosticar o problema:

Aceda às ‘Definições’.

Clique em ‘Actualizações e segurança’ e depois em ‘Segurança do Windows’.

Clique em Firewall e Protecção de rede.

Clique em ‘Rede privada’.

Desligue a firewall através do interruptor.

Nota: Depois de diagnosticar o problema não se esqueça de voltara a ligar a firewall.

Se depois de desligar a firewall conseguir aceder aos recursos partilhados é porque se trata de um problema com a firewall. Por isso terá de abrir o port correspondente para resolver esse problema.

Para abrir os ports da firewall para partilha de ficheiros e impressoras faça o seguinte:

Aceda às ‘Definições’.

Clique em ‘Actualizações e segurança’ e depois em ‘Segurança do Windows’.

Clique em Firewall e Protecção de rede.

Firewall

Clique em ‘Deixar uma aplicação passar pela firewall’.

De seguida abre-se a janela ‘Aplicações permitidas’, clique em ‘Alterar definições’.

Escolha a opção ‘Partilha de ficheiros e impressoras’ e certifique-se que a opção ‘Privada’ está ligada.

Se estiver a utilizar um software de firewall de outro fabricante terá de ver no manual ou website de apoio técnico para saber como abrir ports nessa firewall específica.

Como partilhar uma impressora sem o Grupo doméstico no Windows 10

Antes de começar: se a sua impressora tiver um servidor de impressão embutido, como é o caso da maioria das impressoras que têm ligação à rede, só tem de ver a parte do tutorial que trata da ligação do computador à impressora. Para saber como ligar a impressora à rede dê uma vista de olhos ao manual que a acompanha.

Para partilhar uma impressora com o Windows 10 faça o seguinte:

Aceda às ‘Definições’, clique em ‘Dispositivos’ e depois em ‘Impressoras e scanners’ na coluna da esquerda.

Na lista que está abaixo de ‘Impressoras e scanners’ clique na impressora que quer partilhar e depois em ‘Gerir’.

Na página seguinte clique em ‘Propriedades da impressora’ e depois no separador ‘Partilha’ que está no topo da janela. Ligue a opção ‘Partilhar esta impressora’.

No campo ‘Nome da partilha’ insira o nome que quiser dar à impressora. Se tiver mais que uma convém que seja um nome que ajude a identificá-la rapidamente. Clique no botão ‘Aplicar’ e depois em ‘OK’.

A partir de agora terá uma impressora partilhada com os outros utilizadores da rede enquanto o computador estiver ligado.

Ligar dispositivos a uma impressora partilhada em rede

Aceda às ‘Definições’, clique em ‘Dispositivos’ e depois em ‘Impressoras e scanners’ na coluna da esquerda.

Clique em ‘Adicionar uma impressora ou um scanner’. Escolha a impressora a partir da lista. Se não aparecer clique em ‘A impressora que pretendo não se encontra listada’.

Adicionar impressora

Escolha a opção ‘Seleccionar uma impressora partilhada pelo nome’.

Insira o caminho para a impressora no seguinte formato:

\\xxx.xxx.xxx.xxx\NOME-DA-IMPRESSORA

Substitua os ‘xxx.xxx.xxx.xxx’ e ‘NOME-DA-IMPRESSORA’ pelo endereço IP (ou o nome do computador que a está a partilhar) e pelo nome que deu à impressora.

Se quiser também poderá usar o botão ‘Procurar…’ para a localizar.

Clique no botão ‘Seguinte’, clique em ‘Instalar controlador’, clique em ‘Seguinte’ e depois no botão ‘Finalizar’.

Se tudo correr bem, poderá começar logo a imprimir.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×