CS: GO já tem modo ‘battle royale’ e agora é gratuito

A Valve decidiu actualizar o seu "FPS estrela" para os novos tempos e deu-lhe um novo modo de jogo e tornou-se free to play.
CS: GO Danger Zone

Counter Strike: Global Offensive já está pronto para a nova era dos videojogos. A Valve actualizou o seu jogo mais conhecido com um novo modo ‘battle royale’, chamado Danger Zone e, ao mesmo tempo, tornou-o gratuito. De certeza que a pressão para estas mudanças veio lá dos lados da Epic Games, com o mega sucesso que tem sido o Fortnite, que essencialmente também é um jogo gratuito, mas em que o único modo é o ‘battle royale’.

Os jogos ‘battle royale’ seguem todos a mesma mecânica: Até 100 jogadores são largados num mapa enorme e são forçados a procurar armas que possam usar e no fim, o último sobrevivente ganha. Mas Danger Zone é um pouco diferente, a Valve limitou este modo de jogo a apenas 18 jogadores (16 se estiver a jogar sozinho) e desenhou as partidas para garantir que cada uma dura apenas 10 minutos, o que faz com que sejam mais rápidas e intensas que em outros títulos.

As armas de Dnager Zone são as mesmas que se encontram no CS: GO tradicional. Algumas podem ser encontradas no mapa, que se chama Blacksite, enquanto outras podem ser entregues através de drones. Os jogadores têm de pagar por este arsenal com dinheiro virtual que podem ganhar quando encontram cofres ou quando escoltam NPC para zonas seguras. Os melhores jogadores também podem ficar com a cabeça a prémio para estimular os outros jogadores a abatê-los para ganhar dinheiro.

Tablet_CSGO

Se isto não são diferenças significativas para PlayerUnknown’s Battlegrounds e Fortnite, a Valve também, incluiu um tablet que aparece no jogo, que permite aos jogadores saberem onde estão os adversários, saber onde as armas são entregues pelos drones e definir uma rota para evitar a “Danger Zone”. Esse tablet pode ser actualizado para mostrar mais informação para o ajudar a sobreviver no Blacksite.

O facto de agora ser gratuito também marca uma grande diferença para futuro do jogo, Isto porque é complicado competir com jogos novos e gratuitos com uma jogo que apareceu em 2012 e que custava algum dinheiro para o ter na biblioteca da loja Steam. Desta forma a Valve vai poder continuar a pagar pelo desenvolvimento do jogo através da venda de objectos cosméticos, como aconteceu até agora e, ao mesmo tempo, ganhar mais jogadores.

Segundo a Valve, todos os que já pagaram por CS: GO vão ter os seguintes benefícios:

Uma ‘Loyalty Badge’ que vai poder ser colocada no perfil.

Upgrade para Prime Status

Os jogadores em Prime Status continuam a ser emparelhados com outros jogos Prime Status.

Acesso à Souvenir MP5-SD | Lab Rats (que pode ser ganha através de XP obtidos nas partidas de Danger Zone) e à nova caixa Danger Zone.

Pode obter mais informação no site da Valve sobre esta alteração.

Categorias
JogosNotíciasPC

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Assinaturas
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link