JogosPC

Google vai começar a testar streaming de jogos no Chrome

Google Project Stream

O teste do ‘Project Stream’ vai ser feito usando o novo Assassin’s Creed Odyssey da Ubisoft, que sai esta semana, o jogo vai poder ser jogado em streaming nos browsers Chrome. Isto que dizer que poderá ser utilizado em máquinas Windows, macOS e ChromeOS.

Segundo o artigo publicado no blogue da Google, o teste estará aberto a um número limitado de participantes, infelizmente apenas residentes nos Estados Unidos, e vai ter início na próxima sexta-feira, dia 5 de Outubro. Os requisitos mínimos incluem uma ligação à Internet com, pelo menos, 25 mbps de largura de banda e uma conta Google e Ubisoft.

Para controlar os personagens, o utilizador pode optar por um teclado e rato ou um comando USB (os comandos sem fios ainda não são suportados). A Google indica que podem ser utilizados os comandos da XBox ou Playstation, desde que estejam ligados através de um cabo. Por fim, os participantes têm de ter mais de 17 anos e, como já foi mencionado, viver nos Estados Unidos.

Os serviços de streaming de jogos ainda estão no início, mas o conceito é a aplicação de serviços de cloud (processamento, armazenagem e transferência de dados) aos videojogos. A ideia é fazer com que os jogadores não tenham de ter computadores muito potentes (e caros) para poderem jogar os títulos mais exigentes, com imagem de alta qualidade através da emissão do jogo através da Internet.

Tudo isto é muito bonito, no papel. Na realidade há um problema chamado ‘lag’. Por exemplo, se estiver a jogar um jogo a uma taxa de actualização do ecrã de 60 fps, o serviço tem cerca de 16 milissegundos para receber o comando quando se prime o botão, depois renderizar uma frame de vídeo nova que reflicta o resultado da sua acção e enviá-la através da Internet para si. Tudo isto tem de ser feito sem qualquer ‘lag’ sob pena de, por exemplo, se durante um combate, premir um botão para atacar o oponente, mas quando tudo chega à sua máquina já foi atacado duas ou três vezes sem ter dado por isso.

Este projecto da Google não é o único a permitir jogar o novo Assassin’s Creed Odyssey através de streaming. No Japão também será possível fazer o streaming deste jogo na Nintendo Switch a partir de dia 5. Nas outras consolas o jogo estrá limitado a uma velocidade de 30 fps.

Os rumores acerca que um novo serviço da Google para jogos estava eminente começaram na edição deste ano da E3, em que a Google andou a falar com vários estúdios e editoras para tentar reunir apoios para este projecto. A Google também contratou Phil Harrison que já tinha passado pela Playstation e XBox para uma nova divisão da Google, chamada GM.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×