Asus ROG Rapture GT-AC5300

Análise ao mais recente router da sua linha Republic of Gamers.

Em inglês a palavra ‘rapture’ quer dizer ‘êxtase’ ou ‘paixão’. Parece que é este o sentimento que a Asus quer transmitir ao dar este nome ao mais recente router da sua linha Republic of Gamers, pensado para todos os que gostam de jogar online sem compromissos.
Este router é muito semelhante ao RT-AC5300 lançado em 2016, ainda sob a marca Asus. Por fora, o que salta mais à vista são as oito antenas destacáveis que podem ser instaladas a toda a volta do seu corpo quadrado. Num dos lados estão os LED que indicam a actividade e no imediatamente oposto estão as entradas para a rede com fios, USB 3.0 e energia.
À esquerda da face onde estão os LED existem três botões que servem para ligar e desligar o sinal Wi-Fi, activar o emparelhamento WPS e ligar ou desligar os LED. Uma das diferenças para o modelo anterior está no facto de este trazer oito entradas RJ-45 para a rede com fios, mais uma para WAN, todas gigabit. As entradas USB permitem, por exemplo, transformar um disco externo num NAS ou partilhar uma impressora por todos os dispositivos ligados em rede.
Mas é na rede sem fios que este Rapture faz mais promessas, este router oferece duas bandas de frequências na gama dos 5 GHz (cada uma com 2167 Mbps) e uma na dos 2,4 (1000 Mbps).
Claro que existem muito poucos dispositivos capazes de tirar partido disto tudo; a intenção, aqui, é ter vários dispositivos ligados ao mesmo tempo, sem perdas de velocidade.
Tudo isto é controlado por um processador de quatro núcleos a 1,8 GHz, acompanhado por 1 GB de RAM e 256 MB de memória flash para o software. Este é dos mais completos que tenho visto e oferece muitas possibilidades de personalização, desde a possibilidade de alocar com precisão as bandas de frequência e largura de banda destinadas a cada dispositivo, até controlar que aplicações têm prioridades sobre outras – tudo através de uma interface gráfica fácil de usar.
Com tanto poder de fogo, a minha curiosidade é mesmo saber se consegue cumprir o que promete. Fizemos o nosso teste de velocidade em que usámos dois computadores e passámos 4,7 GB de dados entre eles várias vezes de forma conseguir obter uma velocidade média. O teste foi feito em open space, logo as velocidades obtidas serão sempre um pouco melhores que numa casa normal, visto que os dispositivos estão praticamente em linha de vista. Os testes foram feitos estando o router com um mínimo de configuração.
Nos nossos testes, o Rapture conseguiu uma velocidade de 600 Mbps na banda dos 5Ghz e 82 Mbps na dos 2,4. Estes valores estão algo longe dos anunciados, mas acredito que com alguma afinação da configuração se consiga muito melhor que estes valores.

Ponto final

Por 499 euros, este é dos routers mais caros que passaram pela PCGuia. Vale a pena? Se tiver dinheiro e quiser gastá-lo num router que oferece muitas opções de personalização e entradas suficiente para montar uma LAN Party em casa, sim, vale. Mas vai ter de gastar tempo a configurá-lo como deve ser. Se quiser apenas aceder à Internet e jogar ocasionalmente, existem opções mais em conta.

+ Opções de configuração
+ Oito entradas para rede com fios
-Preço

Funcionalidades: 2
Experiência de utilização: 4
Preço/qualidade: 2
Nota final: 8

Distribuidor: Asus
Site: asus.pt
Preço: €499

Ficha técnica

Padrões de rede sem fios: IEEE 802.11a, IEEE 802.11b, IEEE 802.11g, IEEE 802.11n, IEEE 802.11ac, IPv4, IPv6
Memória: 256 MB Flash, 1024 MB RAM
Gamas de frequência Wi-Fi: 2,4G Hz, 5 GHz-1, 5 GHz-2
Segurança Wi-Fi: 64-bit WEP, 128-bit WEP, WPA2-PSK, WPA-PSK, WPA-Enterprise , WPA2-Enterprise , Radius with 802.1x, WPS
Protocolo de ligação à Internet: IP variável, IP estático, PPPoE, PPTP, L2TP
Ligações: RJ-45 gigabit WAN, 8 x RJ45 gigabit para LAN, 2 x USB 3.0
Dimensões: 245 x 245 x 65 mm
Peso: 1880 g

Categorias
Reviews

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link