Como mover ou redimensionar o ficheiro de memória virtual do Windows

A memória virtual é uma das ferramentas mais importantes do Windows para manter o computador a funcionar como deve ser. Mas quando o espaço no disco aperta pode ser um inconveniente. Veja como a pode redimensionar ou mover para outra drive.
Memoria

Num computador, a memória RAM é o local onde são guardados temporariamente os dados que estão a ser processados num determinado momento durante o funcionamento do computador. Quando o computador é desligado, essa memória é apagada. Quando a memória RAM é totalmente ocupada podem acontecer coisas de que nenhum utilizador gosta, como o computador deixar de funcionar repentinamente, por isso inventou-se um método de aumentar virtualmente a capacidade da RAM. Na memória virtual, que não é mais que um ficheiro, está guardada uma parte dos dados que deviam estar na memória RAM. Como já deve ter percebido, a utilização desta técnica tira muito desempenho ao computador visto que nenhuma drive na actualidade, nem um SSD, consegue chegar ao nível de desempenho da memória RAM. No entanto, é uma técnica muito eficaz para manter o computador a funcionar mais ou menos correctamente quando a RAM se esgota e dar hipótese ao utilizador para libertar recursos na máquina.

Normalmente o Windows faz a gestão automática deste ficheiro e até a maioria dos utilizadores nem dão pela sua existência, até porque está escondido para que não se possa alterar manualmente. No entanto existem alturas em que pode ser necessário redimensioná-lo ou mudá-lo para uma drive diferente.

Pode-se apagar o ficheiro de memória virtual?

O ficheiro de memória virtual do Windows, chamado pagefile.sys, contém informação essencial para o funcionamento do computador, por isso o seu apagamento pode fazer com que o sistema fique instável se chegar ao ponto de esgotar a capacidade da memória RAM.

Como mudar o pagefile.sys de sítio

Por defeito o ficheiro pagefile.sys ocupa cerca de 12 GB no disco, contudo o tamanho pode variar de acordo com a utilização de recursos e com a quantidade de memória RAM que a máquina tiver.

Para poupar espaço no disco, pode mover o ficheiro para uma drive externa, e até pode ganhar alguma velocidade se essa drive for um SSD. Convém ter ligação USB 3.0 e estar formatado em NTFS.

1- Aceder às definições avançadas

Definições avançadas

No Windows 10 clique no botão Windows e escreva ‘Avançadas’, nos resultados da busca que aparecem clique em ‘Ver definições do sistema avançadas’.

Definições avançadas

De seguida aparece uma pequena janela com uma série de separadores, clique em ‘Avançadas’, a janela fica dividida em três áreas, na área ‘Desempenho’ (a primeira), clique em ‘Definições’. Na janela seguinte volte a escolher o separador ‘Avançadas’, a janela fica dividida em duas áreas, na área ‘Memória virtual’ clique em ‘Alterar’.

Definições avançadas

 

2- Alterar localização

Na janela seguinte desmarque ‘Gerir automaticamente tamanho do ficheiro de paginação para todas as unidades’. Na área ‘Tamanho de ficheiro de paginação para cada unidade’.

Definições avançadas

 

A drive principal, a C:, está seleccionada por defeito. Clique em ‘Sem ficheiro de paginação’ e depois clique em ‘Definir’, isto remove o ficheiro de paginação da drive C:.

Definições avançadas

Escolha a drive para onde quer mudar o ficheiro de memória virtual, clique em cima da indicação da unidade na lista e depois clique em ‘Tamanho definido pelo sistema’ e depois em ‘Definir’. Isto irá criar um novo ficheiro de memória virtual nessa drive.

 

3- Reinicie o PC

Terá de reiniciar o PC para que as alterações sejam aplicadas. Clique em ‘Ok’ para fazer desaparecer a mensagem que aparece. Reinicie o computador. Não se esqueça que, se mudou o ficheiro de memória virtual para uma drive externa, de a manter ligada senão o sistema deixa de poder aceder ao ficheiro.

 

Redimensionar o ficheiro de memória virtual

Como já deve ter percebido, o espaço ocupado pelo ficheiro pagefile.sys é gerido automaticamente pelo Windows, esta situação é cómoda, mas quando o espaço no disco já é pouco, o utilizador pode limitar esse espaço. Esta limitação pode reduzir o desempenho geral do sistema.

Uma das formas de fazer com que o ficheiro de memória virtual ocupe menos espaço no disco é instalando mais memória RAM. Por exemplo, para uma máquina com 32 GB de memória RAM, o ficheiro de memória virtual apenas ocupa cerca de 2,5 GB.

 

1- Verificar a quantidade de memória que está a ser utilizada

Para ficar a saber a quantidade de memória virtual que o seu computador está a utilizar, prima a combinação de teclas CTRL+ALT+DEL para aceder a ‘Gestor de tarefas’.

Gestor de tarefas

Na janela do ‘Gestor de tarefas’ clique no separador ‘Desempenho’ e depois clique em ‘Memória’. Anote a quantidade de memória que está em uso para ter uma ideia do espaço que o ficheiro tem de ocupar.

Isto terá de ser feito por tentativa e erro, porque pode não conseguir acertar no tamanho à primeira.

 

2- Aceder às definições avançadas

Este passo é igual ao passo 1 do tutorial anterior, no Windows 10 clique no botão Windows e escreva ‘Avançadas’, nos resultados da busca que aparecem clique em ‘Ver definições do sistema avançadas’. De seguida aparece uma pequena janela com uma série de separadores, clique em ‘Avançadas’, a janela fica dividida em três áreas, na área ‘Desempenho’ (a primeira), clique em ‘Definições’. Na janela seguinte volte a escolher o separador ‘Avançadas’, a janela fica dividida em duas áreas, na área ‘Memória virtual’ clique em ‘Alterar’.

 

3- Definir o tamanho

A partir da janela ‘Memória virtual’, desligue a opção ‘Tamanho gerido pelo sistema’. Escolha a opção ‘Tamanho personalizado’ e defina um tamanho mínimo de 800 MB em ‘Tamanho inicial’.

Definições avançadas

Em ‘Tamanho máximo’ defina do tamanho máximo do ficheiro em MB. Não se esqueça que aqui tem de converter GB em MB, por isso 1 GB é igual 1024 MB e 8 GB corresponde 8192 MB. Clique em ‘Definir’ e depois em ‘OK’ para aplicar as suas alterações.

Categorias
DicasGuia completo

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS