Como criar um gerador de passwords aleatórias em Excel

Aqui está uma forma de criar o seu próprio programa para gerar passwords. Só precisa de uns minutos e do Microsoft Excel.
Password

O Excel serve para manter as suas finanças, ou da sua empresa, controladas. Permite fazer gráficos, mostrar tendências e outras coisas relacionadas com número. Mas as potencialidades deste programa não se esgotam aqui. Também pode servir para criar pequenas ferramentas para lhe facilitar a vida. Como um gerador de palavras-chave completamente aleatórias.

Para conseguir levar este projecto até ao fim não necessita de ser um profissional de Excel isto porque só vamos utilizar funções do próprio programa. Mas, se não perceber mesmo nada de Excel, pode dar uma vista de olhos ao manual que publicámos recentemente e que lhe explica tudo. Do mais básico ao avançado.

Começar pelo princípio

Em primeiro lugar vamos criar a base para depois construirmos o nosso programa. A base são as etiquetas dos vários campos que vamos utilizar e os componentes estáticos. Por favor utilize as mesmas células que indico durante o tutorial para que tudo bata certo. Depois, com a prática, pode fazer as alterações que quiser.

Outra coisa que terá de ter em atenção é que iremos utilizar a versão portuguesa do Microsoft Excel. Os senhores da Microsoft fizerem um trabalho de tradução tão exaustivo que até traduziram os nomes das funções. Não havia necessidade. Enfim…

Ainda assim, vou colocar também as mesmas funções em inglês para que possa levar a cabo este projecto mesmo que utilize o programa em inglês.

Na célula B1, insira o nome do projecto. Pode ser qualquer coisa como “Gerador de passwords aleatórias”, ou “Gerador de passwords da PCGuia”, ou o que quiser. Desde que seja sem aspas.

A partir da célula B3, para baixo, insira as etiquetas dos vários campos (sempre sem as plicas): ‘Comprimento’, ‘Letras maiúsculas’, ‘Letras minúsculas’, ‘Algarismos’ e ‘Caracteres especiais’. Ignore a célula B8 e insira ‘Prima a tecla F9 para gerar outra password’ na célula B9 e a palavra ‘Password’, ou ‘Palavra-chave’ na B10.

Na célula C3 insira o número ‘16’, ou a quantidade de caracteres alfanuméricos que vai querer utilizar nas suas passwords. Nas quatro células seguintes (para baixo), insira a palavra ‘Sim’ (sempre sem plicas).

Campos e valores

Na célula D4 insira o alfabeto completo em letras maiúsculas, na célula D5 insira o alfabeto completo em minúsculas. Insira os 10 algarismos na célula D6. Não se esqueça de colocar o ‘0’ em último porque, se o colocar no início, o Excel remove-o.

Agora as funções

Para começar vamos construir uma “frase” que vai incluir todos os caracteres que vamos utilizar. A fórmula para fazer isto parece algo complicada, mas é apenas um pouco longa. Insira na célula D8:

=SE(C4=”Sim”;D4;””) &SE(C5=”Sim”;D5;””) &SE(C6=”Sim”;D6;””) &SE(C7=”Sim”;D7;””)

Em inglês:

=IF(C4=”Sim”;D4;””) &IF(C5=”Sim”;D5;””) &IF(C6=”Sim”;D6;””) &IF(C7=”Sim”;D7;””)

Formula1

O ‘&’ serve para ligar as várias funções ‘SE’ (ou ‘IF’). O que esta linha testa as quatro células para ver se está presente a palavra ‘Sim’. Se estiver o conjunto de caracteres correspondente é utilizado. Se a célula contiver outra coisa que não ‘Sim’ (não interessa de a primeira letra é maiúscula), o conjunto de caracteres não é utilizado.

De seguida vamos colocar a fórmula para gerar a password. Esta fórmula é para ser inserida na célula C10:

=SEG.TEXTO(D8;(ALEATÓRIOENTRE(1; NÚM.CARAT(D8)));1)

Em inglês:

=MID(D8;(RANDBETWEEN(1;LEN(D8)));1)

Formula2

Desconstruindo a fórmula, a função ‘NÚM.CARAT’ devolve o valor do comprimento de qualquer valor, neste caso é o tamanho (número de caracteres) da frase que criámos anteriormente. A função ‘ALEATÓRIOENTRE’ devolve um número aleatório entre dois valores que lhe são dados. Neste caso é entre 1 e o valor do comprimento obtido com a função ‘NÚM.CARAT’. A função ‘SEG.TEXTO’ devolve um bocado da linha, neste caso será apenas um dos caracteres ao acaso.

Se premir a tecla F9, o Excel refaz todos os cálculos e gera um novo caractere.

Uma password de um único caractere serve de muito pouco, por isso temos de ir buscar mais. Para o fazer, clique na célula C10, no campo junto ao friso, onde se inserem as fórmulas e valores, selecione a fórmula toda e copie-a (CTRL+C). Volte a clicar para colocar o cursor a seguir à fórmula. Lembra-se atrás, quando falámos no ‘&’? Acrescente um ‘&’ a seguir à fórmula e cole a que copiou. Isto vai acrescentar uma cópia da fórmula a seguir ao ‘&’. Faça isso quantas vezes o número que colocou junto a ‘Comprimento’. Neste caso são 16. Isto vai servir para gerar uma password com 16 caracteres aleatórios retirados do conjunto que definiu no inicio. Se quiser uma password com mais caracteres terá de colar a fórmula tantas vezes quantas as necessárias.

Apesar de estar um pouco “cru” visualmente, o gerador de passwords está 100% funcional. Sempre que premir a tecla F9 será gerada uma password diferente com 16 caracteres.

Agora vamos acrescentar uma funcionalidade, se quiser usar o campo comprimento para controlar o tamanho da password que é gerada faça o seguinte:

Clique na célula C10, aquela onde esteve a colar as funções em sequência, coloque o cursor a seguir ao sinal de igual e escreva ‘ESQUERDA (‘, em inglês é ‘LEFT (‘. Agora coloque o cursor depois da última função que copiou para a célula e escreva ‘;C3)’ (a célula onde está o valor, neste caso 16). A partir de agora, se inserir um número diferente na célula C3, a password que é gerada terá o número de caracteres correspondente. O máximo de caracteres utilizado na password vai corresponder ao número de vezes que colou a função na célula C10 no passo anterior.

Retoques finais

Em primeiro lugar vamos esconder as células onde estão os valores para não causarem confusão. Clique no ‘D’ que está no topo da coluna D com o botão direito do rato e escolha a opção ‘Esconder’, ou se estiver a utilizar o Excel em inglês ‘Hide’.

De seguida, vamos limitar o campo em que colocamos o valor que controla a quantidade de caracteres para que apenas aceite a inserção de números e apenas dentro dos limites que definimos, neste caso um número entre 1 e 16.

Clique na célula C3, depois clique no separador ‘Dados’ do friso. Aqui clique em ‘Validação de dados’. Se não estiver visível aumente a largura da janela.

Validação

Na janela que aparece, clique no separador ‘Definições’, depois clique no menu ‘Por:’ e escolha a opção ‘Número inteiro’. No menu ‘Dados’ escola a opção ‘situa-se entre’. No campo ‘mínimo’ insira o número mínimo que a célula vai aceitar, por exemplo 8. No campo ‘máximo’ insira o número 16. Ligue a opção ‘Ignorar células em branco’.

Validação

Depois clique no separador ‘Mensagem de entrada’ e escreva no espaço denominado ‘Mensagem de entrada’: ‘Insira um valor entre 8 e 16’ (sempre sem as plicas). Ligue a opção ‘Mostrar mensagem de entrada ao seleccionar a célula’.

Validação

De seguida clique no separador ‘Aviso de erro’. No espaço ‘Mensagem de erro’ escreva: ‘Insira um número entre 8 e 16’. No menu ‘Estilo’, escolha a opção ‘STOP’ e ligue a opção ‘Mostrar aviso de erro após introdução de dados inválidos’. Clique em ‘OK’.

A partir daqui, se inserir algo que não seja um número entre 8 e 16 na célula C3 será presenteado com uma mensagem erro.

Agora vamos tratar dos campos ‘Sim/Não’

Validação

Na célula E1 insira a palavra ‘Sim’ e na célula imediatamente abaixo insira ‘Não’. Clique na célula C4, a que está imediatamente ao lado da que diz ‘Maiúsculas’. Clique no separador ‘Dados’ no friso e depois em ‘Validação de dados’. No menu ‘Por’ escolha a opção ‘Lista’, desligue a opção ‘Ignorar células em branco’ e ligue a opção ‘Lista pendente na célula’. Clique no campo ‘Origem’ e depois seleccione as duas células que têm ‘Sim’ e ‘Não’.

Validação

Clique no separador ‘Aviso de erro’ e, tal como aconteceu no caso anterior, escreva no espaço ‘Mensagem de erro’ a mensagem ‘Insira Sim ou Não’. Clique em ‘OK’.

Para aplicar esta funcionalidade às outras três células abaixo, clique na célula C4. No canto inferior direito aparece um ponto, clique em cima dele e arraste até à célula C7. Isto vai copiar as definições para as essas células.

A partir de agora aparece a indicação que existe um menu nas células C4 até C7. Pode clicar em cima da seta e escolher ‘Sim’ ou ‘Não’.

Fim

Não se esqueça de gravar o seu trabalho!

Está feito. Agora pode usar o Excel para gerar as passwords para todas as suas contas.

Categorias
DicasGuia completo

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS