NotíciasSoftware

Microsoft confirma que o “modo S” vai substituir Windows 10 S

Windows 10 S

Esta semana o responsável pela divisão de sistemas operativos da Microsoft, Joe Belfiore, confirmou um rumor que circulava há já algum tempo, que indicava que a versão limitada do Windows 10, denominada Windows 10 S iria deixar de ser uma versão separada do Windows 10. Em vez disso, as suas funcionalidades serão integradas do Windows 10 normal sob a forma de um modo de funcionamento do sistema operativo.

O Windows 10 S é uma versão mais limitada e leve do Windows 10, que foi desenhada para concorrer directamente com o sistema operativo Chrome OS da Google em ambientes como escolas em tem de haver mais controlo sobre o que é instalado e executado nos computadores. Contudo a implementação era algo complicada e para que os utilizadores pudessem usar o sistema operativo num computador que não o trouxesse de série, tinham de obter uma cópia do Windows 10 Pro. O que ia um pouco contra o espírito do Windows 10 S.

A empresa de Redmond não deu grandes detalhes sobre esta alteração, mas um rumor do mês passado, o “modo S” estará disponível em todas as versões do Windows, exceptuando as versões Core+ e Workstation. O custo de desbloqueio do “modo S” dependerá da versão do Windows e, nos EUA, irá dos 0 aos 49 dólares.

Também não há indicação de quando é que esta alteração vai começar a ser implementada. No Twitter, Belfiore diz que ocorrerá no ano que vem, mas não avança nenhuma data concreta.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×