Algoritmos: entenda qual é a matemática por trás de cada aplicação

Há alguns anos, quando as aplicações começaram a crescer no mundo, parecia que toda a gente queria criar a sua própria aplicação. Estima-se que por dia são lançadas mais...
artigo1 aplicação - artigo1 933x445 - Algoritmos: entenda qual é a matemática por trás de cada aplicação

Há alguns anos, quando as aplicações começaram a crescer no mundo, parecia que toda a gente queria criar a sua própria aplicação. Estima-se que por dia são lançadas mais de 1000 aplicações nas lojas do sistema Apple e do sistema Android. Ou seja, são aplicação para todos os gostos e em todas as áreas imagináveis da sociedade. Mas qual é a matemática por trás disso? Será que é assim tão fácil lançar uma aplicação? E o que são os tais de algoritmos? Vamos esclarecer essas dúvidas!

Primeiramente, qualquer aplicação utiliza a matemática para existir, isso porque são os algoritmos que os possibilitam funcionar. Um algoritmo é uma sequência de números finita que se forma a partir de um critério. Quando diversas regras são atendidas, o algoritmo para aquelas regras vai accionar uma acção. Por isso, a cada passo que você dá dentro da aplicação há por trás um algoritmo, pois, é ele a essência de uma solução para um problema. Por isso, as aplicações devem sempre solucionar algum problema da realidade e são essas os quais mais se destacam, pois, apresentam uma real função dentro da sociedade, facilitando a vida de alguma maneira.

Artigo2 aplicação - Artigo2 - Algoritmos: entenda qual é a matemática por trás de cada aplicação

Fonte: Pixabay

Os algoritmos são extensamente utilizados nas aplicações de relacionamentos, um dos quais mais se aproveitam da matemática para existir. No Badoo, por exemplo, há um algoritmo responsável por identificar apenas as pessoas que cruzaram o seu caminho, e outro para ver quais são as pessoas que estão perto de você. O trabalho matemático para trazer cada lista de possíveis pretendentes é interminável. As informações de cada perfil são cruzadas o tempo todo, o que facilita muito a busca pela “pessoa ideal”.

Outro ponto importante é que grande parte das aplicações, principalmente as que são redes sociais, utiliza as informações dos perfis para acumularem dados o suficiente para alimentar os algoritmos. Se você tem usado o Linkedin, por exemplo, e não tem obtido o sucesso que deseja na busca pelo emprego ideal, você não deve estar utilizando direito. Quanto mais completo e informativo o seu perfil, maiores são as suas chances de encontrar outros perfis que possam dar-lhe oportunidades na realidade. Além disso, você também garante um aumento de exposição e mais pessoas passam a ter acesso ao seu perfil. Isso tudo porque você está dando material para que os algoritmos trabalhem ao seu favor.

Por fim, um das aplicações que causa mais stress devido aos algoritmos é o Instagram. A questão é se você não entender profundamente como os algoritmos funcionam, você não consegue usá-los ao seu favor, mas sim contra. Os algoritmos seguem uma lógica, e toda a vez que esse padrão se repete, eles realizam a acção. Hoje no Instagram, eles seguem 7 regras, as que são: engajamento, relevância, relacionamentos, datas e horários dos posts, busca de perfis, partilha e tempo de uso do aplicativo. Ou seja, para crescer o número de seguidores, é preciso dominar cada um desses factores e aí sim, os algoritmos têm a solução que você precisa para o seu problema.

Ou seja, não é fácil lançar uma aplicação realmente eficaz sem entender bem de algoritmos. Eles são a base de funcionamento de cada app e a criação de algoritmos interessantes vem justamente da necessidade de resolver um problema da realidade. Os algoritmos surgem da lógica, por isso eles devem ter regras muito bem definidas. Portanto, antes de ir para matemática, a sua aplicação deve fazer sentido na vida física, sendo uma melhoria na vida das pessoas. Criar soluções interessantes e eficazes é o primeiro passo para a criação da sua aplicação.

Categorias
DescomplicómetroDicas
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Hey You!

Subscreva a newsletter da PCGuia e receba notícias, dicas e truques sobre tecnologia directamente na sua caixa de correio electrónico. 

Obrigado pela subscrição!