Play – Blackwidow XE Flightstick

Hoje em dia precisar de um joystick para um jogo parece algo…
Blackwidow XE Flightstick
Blackwidow XE Flightstick

… antiquado. No entanto, ainda existem alguns títulos que ganham muito no que respeita à qualidade da experiência de utilização se forem jogados através de (ou com a ajuda de…) um joystick. Por exemplo, os simuladores de voo como o X-Plane ou IL-2 Sturmovik, um jogo de simulação de combate lançado em 2001, que é tão bom de jogar que ainda hoje é vendido.

Este título recebeu, inclusive, um patch em 2012 que expandiu a biblioteca de aviões e terrenos e que também trouxe melhoramentos aos gráficos e ao motor de jogo.

Existem agora novos tipos de jogo que também podem ser melhorados através da utilização de um joystick: os simuladores espaciais, como Elite Dangerous ou Star Citizen.

Simples

Como já vão sendo raros, os joysticks têm subido um pouco de preço, com unidades que podem chegar facilmente aos oitenta, noventa ou mesmo cem euros. Existem ainda sistemas mais caros que incluem um acelerador que chamam H.O.T.A.S. (Hands On Throttle-And-Stick). O joystick que analisamos este mês, o Blackwidow da Speedlink, já não é propriamente um produto novo, mas ainda se vende e tem uma grande vantagem para outros: é o sistema H.O.T.A.S mais baratos do mercado.

O Blackwidow é uma peça única que inclui um joystick ergonómico do lado direito e um acelerador à esquerda. Aqui estão instalados dois botões que servem para ajustar o yaw da aeronave, ou seja, a direcção para que está apontada. Além dos cinco botões que estão no joystick, existem ainda quatro que estão no suporte.

Use the Force

A versão testada não dispunha de force feedback, mas sei que existem versões do Blackwidow que dispõem deste sistema de vibração que serve para dar algum grau de realismo aos seus voos. Apesar de ser todo em plástico, este periférico não tem um aspecto de ‘barato’ e, pelo quePlay – Blackwidow XE Flightstick me parece, é capaz de aguentar alguns maus-tratos. No calor da batalha às vezes é difícil de ter consciência da força que se faz no manípulo.

Experimentei o Blackwidow com o Elite Dangerous, um jogo de simulação espacial conhecido pela quantidade de botões que obriga o utilizador a usar. O joystick melhorou bastante o desempenho do meu voo, mas ainda me obrigava a usar o teclado para muitas funções, visto que os botões disponíveis não chegavam nem para metade das funcionalidades necessárias.

A resposta foi muito eficaz e o Blackwidow foi confortável de usar. O mecanismo do joystick não oferece a resistência suficiente para cansar muito o utilizador durante muito tempo de operação contínua.

Ponto Final

Se não quiser gastar muito dinheiro num sistema que combine joystick e acelerador, esta opção é vivamente recomendada. Tem quase tudo, não precisa de uma grande configuração e consegue dar a ideia do que é navegar entre as estrelas, na sua nave espacial.

+ Preço
+ Confortável de usar
– Podia ter mais botões

Funcionalidades: 1,5
Experiência de utilização: 3
Preço/qualidade: 4
Nota final: 8,5

Distribuidor: Fraggerzstuff
Site: fraggerzstuff.pt
Preço: €55,44

Categorias
AnálisesJogos

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

  • Acer_IFA_Predator_Cestus_Gaming_Mouse_02-L

    Acer Cestus 500

    Os ratos para jogar oferecem um nível de personalização muito superior que o dos ratos para trabalho. Esta personalização serve, acima de tudo, para permitir ao utilizador estar horas...
  • Asus ROG Phone

    Asus apresenta ROG Phone na Comic Con Portugal 2018

    A Asus apresentou na edição 2018 da Comic Con Portugal o Asus ROG Phone, seu mais recente smartphone pensado especialmente para quem gosta de jogar. O Republic Of Gamers...
  • PLAY – Asus ROG Strix Fusion 500

    Francamente, a Asus devia criar uma nova empresa de fabrico e comercialização de equipamento de áudio topo de gama a preços mais comportáveis. É que a qualidade de reprodução...
  • Review – Acer Travelmate P

    O Acer Travelmate P é um típico computador portátil para trabalho. Isto é imediatamente perceptível quando se pega nele e se repara na entrada VGA que está instalada do...
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link