Imagem

Review – Sony Alpha 6300

A Sony decidiu, finalmente, actualizar a brilhante Alpha 6000 com um modelo que usa os mesmos ingredientes, introduzindo alguns novos, para repetir a mesma receita de sucesso.

Usando um corpo que é praticamente igual ao anterior, a nova Alpha 6300 utiliza um novo sensor, do tipo CMOS APS-C de 24 MP que recebe o sistema de focagem automática híbrida 4D, com 425 pontos de focagem (tipo detecção de fases) que tem um desempenho fenomenal (rapidíssimo e muito preciso), com capacidade de gravação e vídeo em resolução UltraHD 4K a 24 ou 30 fotogramas por segundo, e um novo visor electrónico de 2,36 milhões de pontos que se destaca pela taxa de reprodução da imagem a 120fps.

Esta máquina conta ainda com uma entrada para microfone para os adeptos de gravação de vídeo e ligações como Wi-Fi e NFC para facilitar a ligação entre dispositivos.
Até aqui tudo bem, excepto se tivermos em conta que a Sony insiste em colocar a objectiva 16-50mm f/3.5-5.6 motorizada como objectiva de kit, sendo esta a pior opção que poderá escolher para tirar partido desta máquina. Além de ser ruidosa (mau para vídeos), o mecanismo do zoom é demasiado impreciso e inconstante, tornando-se assim fundamental que opte por uma objectiva superior.

Mas já que terá de investir em objectivas de encaixe E, aqui entra o verdadeiro dilema desta máquina: a sua existência face a modelos superiores (em alguns pontos) com preços não muito distantes, como é o caso das Alpha 7 e 7 II. Neste caso terá direito a sensores de formato Full-Frame 35 mm, o que garantirá imagens com melhor qualidade, especialmente em condições luminosas mais adversas, bem como a uma ergonomia superior e acesso a um maior controlo das definições da máquina

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×