Review – Alientech Blade Gaming

Não estando totalmente satisfeitos com apenas a entrega de um excelente computador que participou no Superteste de Natal da edição passada, a Alientech fez-nos chegar outra máquina de gaming,...
Review - Alientech Blade Gaming

Não estando totalmente satisfeitos com apenas a entrega de um excelente computador que participou no Superteste de Natal da edição passada, a Alientech fez-nos chegar outra máquina de gaming, desta vez com uma configuração mais equilibrada, com um preço significativamente mais acessível: 1059 euros.

Trata-se do Alientech Blade Gaming, composto por uma caixa Corsair Carbide 100R com janela lateral e o interior recheado com componentes que surpreendem pelo elevado desempenho registado, algo que contrasta com a aparente fragilidade da construção da caixa.

Temos, assim, uma motherboard MSI H170 Gaming e um processador Intel Core i5-6500 (até 3,6 GHz graças ao modo TurboBoost) arrefecido pelo sistema de watercooling O resto da configuração inclui dois módulos de memória Kingston HyperX Fury Black de 4 GB cada do tipo DDR4 a 2400 MHz, um SSD M.2 Kingston 2280 de 120 GB colocado directamente na motherboard e um disco rígido Seagate Barracuda de 7200 rpm SATA com 1 TB.

A placa gráfica escolhida foi uma EVGA Nvidia GeForce GTX960 Super SuperClocked ACX com 4 GB de memória dedicada, sendo esta placa um modelo muito especial, uma vez que utiliza um dissipador 26% mais eficaz que o modelo de referência da Nvidia. Conseguimos levá-la aos 1279 MHz e aos 1342 MHz em modo Boost, valores significativamente superiores aos 1127 e 1178 MHz da GPU de referência da Nvidia.

Para garantir uma alimentação estável a todo este sistema, a Alientech recorreu a uma fonte de alimentação EVGA 600B, uma fonte de 600 W com certificação 80Plus Bronze.

Tudo isto resulta numa máquina com um desempenho superior a alguns equipamentos que participaram no nosso Superteste de Natal, sendo perfeitamente capaz de lidar com qualquer jogo usando uma resolução FullHD 1080p, embora com um preço bem mais simpático.

E isto sem esquecermos o facto de o computador vir pré-instalado com o Windows 10 Pro de 64-bit e drivers devidamente actualizados.

Categorias
DesktopsReviews

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link