Há uma coisa que não podemos negar à Microsoft: o facto ...