Halo Infinite deixa de trabalhar com placas gráficas que tenham menos de 4 GB de memória dedicada

Com a chegada da última actualização (Season 3 Update), Halo Infinite deixou de correr em sistemas com placas gráficas com menos de 4 GB de memória gráfica dedicada.

Quando foi lançado em 2021, nem a Microsoft nem a 343 Industries esconderam que Halo Infinite precisaria, oficialmente, de pelo menos 4 GB de memória dedicada para a placa gráfica (VRAM – Video RAM), mas isso não impedia que utilizadores com placas gráficas mais antigas pudessem instalar o jogo, e correr no seu sistema.

Tendo em conta a lista de requisitos técnicos, alguns utilizadores com sistemas equipados com as velhinhas Nvidia GeForce GTX 1050 Ti e GeForce GTX 1660 com menos de 4 GB de memória VRAM chegaram a experimentar, e em alguns casos, até conseguiam obter um desempenho bastante aceitável, sem precisarem de estar limitados às definições mínimas do jogo.

Sempre que a placa gráfica não cumpria os requisitos mínimos, como uma GeForce GTX 1660 de 3 GB, era divulgada uma mensagem de aviso, mas que permitia ao utilizador continuar e correr o jogo.

Essa situação deixou de ser possível com a chegada da última actualização (Season 3 Update), que impede o jogo de iniciar sempre que for detectado que o hardware não cumpre os requisitos mínimos. Se este é o seu caso, está na altura de ponderar um upgrade ao seu PC.