O que é o ChatGPT e como se usa

O chatbot ChatGPT é o tópico do momento e nós explicamos o que é e como se usa.

Há muito que se diz que a inteligência artificial vai revolucionar a forma como nos relacionamos com a tecnologia, mas, até agora, a Inteligência Artificial tem funcionado maioritariamente na sombra. São sistemas de inteligência artificial que permitem por exemplo, que os nossos smartphones consigam reconhecer um objecto ou animal quando lhes apontamos a câmara. Também são usados para tomar algumas decisões básicas em automóveis e noutros sistemas.

Digo “até agora”, porque desde que começaram a surgir os assistentes virtuais, como o Google Assistant, Siri e Alexa, a Inteligência Artificial começou a estar na primeira linha. Todos estes assistentes usam reconhecimento de voz para cumprirem ordens e levarem a cabo tarefas simples.

Chegamos pois ao final de 2022, quando a OpenAI, uma empresa dedicada ao desenvolvimento de tecnologias de Inteligência Artificial, lançou a fase de testes de dois serviços online: o DALL-E, que permite a criação de imagens a partir de pequenas descrições em linguagem natural e o ChatGPT, um “robô de conversação” ou chatbot que pode ser usado para os mais variados propósitos.

DALL-E_2
O DALL-E permite gerar imagens a partir de descrições em linguagem natural.

Por exemplo, podemos pedir ao ChatGPT para nos resumir um conceito, dar ideias para textos (ou escrever o texto em si) e até escrever programas e páginas de Internet. Basta saber descrever o que queremos com o máximo de clareza que for possível.

Uma coisa interessante que provavelmente não sabe é que pode usar o ChatGPT em português, embora não seja português europeu. Apesar disto, facilita bastante a utilização por quem tiver dificuldades com o inglês.

Para além destas duas línguas, o ChatGPT pode ser usado em: francês, espanhol, chinês, alemão, italiano, entre outras. Quando lhe perguntamos que línguas entende, o ChatGPT avisa que há coisas que não consegue fazer tão bem como se comunicarmos em inglês.

Como funciona?

A Inteligência Artificial que faz funcionar o ChatGPT foi treinada através de uma mistura de machine learning e intervenção humana, usando um método chamado ‘reinforcement learning from human feedback’, ou RLHF. Mais informação aqui.

Na primeira parte do treino da IA forma usados seres humanos nos papéis de utilizador e de IA durante uma conversa. Isto permitiu demonstrar as respostas que são preferidas pelos utilizadores humanos e também criar uma grande quantidade de dados para conseguir alimentar o modelo de IA.

A seguir, foi criado um sistema de recompensas para reforçar a aprendizagem. Para o conseguir, os “treinadores” humanos voltaram a trabalhar com a IA. Nesta parte foi-lhes pedido para classificar as respostas da IA por qualidade, o que, por sua vez, ajudou a IA a escolher as melhores respostas.

O resultado disto são respostas o mais factualmente correctas que é possível (apesar de os responsáveis pelo ChatGPT avisarem que, por vezes as respostas poderem estar erradas ou enviesadas), e escritas em linguagem natural, quase humana.

Vajamos como pode começar a usar o ChatGPT

Aviso

Devido à grande procura o ChatGPT pode estar indisponível ou demorar a responder.

Chat_1_1

Criar uma conta

A primeira coisa que tem de fazer para começar a usar o ChatGPT é criar uma conta. Para além da tradicional combinação de login e password, o site da OpenAI permite usar contas de outros serviços, como o Google e a Microsoft para o login.

Chat_1_3

A conta que criar também pode ser usada no serviço DALL-E para criar as suas próprias imagens através de descrições.

Como usar o ChatGPT

Graças à interface minimalista, semelhante à de uma qualquer aplicação de mensagens, a utilização do ChatGPT é simples.

Basta escrever o que quiser no campo superior e o ChatGPT dá a resposta no campo inferior. Por vezes, dependendo da quantidade de utilizadores, a resposta pode demorar alguns segundos. Não se esqueça que o sistema ainda está em fase de testes e em processo de aumento dos recursos disponíveis.

A IA está optimizada para escrita natural e tem memória da conversa, por isso não é necessário voltar a explicar o que quer sempre que continuar a conversa depois de uma resposta do sistema.

As respostas podem ser diferentes com a alteração de uma única palavra na pergunta inicial. Por isso, se as respostas não forem satisfatórias, tente alterar a pergunta que está a fazer.

O que perguntar ao ChatGPT?

De seguida vamos colocar aqui algumas coisas que podemos perguntar à IA para começar a explorar as suas potencialidades.

O ChatGPT pode ser usado da mesma forma que usa o Google: basta fazer uma pergunta simples e ele responde. Neste caso, perguntei como é que se fazia café instantâneo e ele explicou passo-a-passo (note a utilização de termos como xícara que são mais usados no português do Brasil).

No segundo exemplo, pedi-lhe para resumir o conceito de Inteligência Artificial e o ChatGPT respondeu de uma forma a mais resumida possível à pergunta. De seguida, o utilizador pode pedir-lhe para clarificar alguns dos outros conceitos mencionados.

No terceiro exemplo, pedi para escrever um poema sobre Lisboa e chuva. Mais uma vez o sistema usou alguns termos de português do Brasil. E já agora, não é lá grande poeta…

No quarto exemplo tentei complicar um pouco a coisa e pedi-lhe que agisse como um director de campanha para umas eleições presidenciais e que me dissesse como é que conseguia os melhores resultados possíveis. Note que na pergunta que fiz, pedi-lhe que agisse como um director de campanha. Ao utilizar estes termos, a IA vai tentar transformar-se num especialista no assunto em questão e dar sugestões para se chegar aos resultados pretendidos. Pode experimentar com outras actividades como comediante, cozinheiro ou físico nuclear.

No quinto exemplo, pedi-lhe para agir como um filósofo e explicar a frase “só sei que nada sei” de Sócrates.

No sexto exemplo, pedi-lhe para agir como um jornalista desportivo e comentar o último Benfica/Sporting. No entanto, como o sistema tem pouca informação sobre eventos actuais, só conseguiu explicar alguns conceitos muito gerais acerca dos jogos entre estes dois clubes de futebol.

No último exemplo, pedi-lhe para escrever um programa para criar uma calculadora. Em segundos, o ChatGPT apresentou-me um programa em Python que é uma calculadora simples. O sistema também pode ser usado para gerar código mais complexo noutras linguagens para além da Python, como JavaScript, C# e C++, PHP ou Swift.

Estes são apenas alguns exemplos do que se consegue fazer com o ChatGPT. Basta ter imaginação e experimentar para se conseguir fazer outras coisas.