Google Nest Wi-Fi Pro

A análise ao router da Google.

Ao fim de alguns anos, a Google decidiu apostar outra vez no mercado nacional e vender o seu mais recente dispositivo para a criação de redes sem fios, o Nest Wifi Pro. Segundo a marca, este equipamento permite criar redes sem fios até à norma Wi-Fi 6E, a mais recente a chegar ao mercado de consumo. Este nome foi dado para entidade que gere as normas Wifi à 802.11ax num esforço de simplificação da nomenclatura. A principal novidade desta norma é a de que, além de poder usar as bandas de 2,4 e 5 GHz, também é compatível com 6 GHz, o que lhe confere, teoricamente, mais largura de banda disponível que a versão anterior. Outra novidade é a compatibilidade com os protocolos Matter e Thread, criados para a interligação de dispositivos smarthome de baixo consumo energético.

Por fora, o Nest Wifi Pro é muito diferente dos dispositivos de rede da Google lançados em 2016, mas que só chegaram a Portugal dois anos depois. Enquanto os modelos anteriores eram cilindros pequenos, o Nest Pro é alto e arredondado – as diferenças exteriores acabam por aqui. Tal como nos anteriores, na parte de baixo, estão duas entradas RJ-45 para ligar ao router, ao modem, a um dispositivo que não tenha Wi-Fi ou a outro Nest. A configuração é bastante simples: tudo é feito através da aplicação Google Home.

Percebe-se que a Google tentou simplificar ao máximo a configuração e operação dos dispositivos Nest Wifi Pro, no entanto isto introduz bastantes limitações ao funcionamento diário. Por exemplo, como não há forma de ligar e desligar as bandas de frequências utilizadas, o utilizador pode ter dificuldades em configurar dispositivos mais antigos que apenas funcionem 2,4 Ghz. Outra questão é a constante alteração das frequências utilizadas pelos dispositivos: apesar de isto não trazer instabilidade às ligações à rede, pode fazer com que um dispositivo consiga obter uma velocidade de acesso numa altura e, minutos mais tarde, tenha uma bastante diferente, tanto para pior como para melhor.

Para testar a velocidade, usei um Samsung Galaxy Fold 3 (compatível com Wi-Fi 6E), com uma ligação à Internet de 1 Gbps do Meo a cerca de três metros do Nest, tanto em linha de vista como noutra sala. No primeiro caso, consegui uma velocidade média de 800 Mbps de download; no segundo, chegou aos 560 Mbps.


Distribuidor: Google

Preço: €219,99 (uma unidade); €329,99 (duas unidades)


Ficha Técnica

Normas Wi-Fi: Wi-Fi 6 E 802.11ax, Matter, Thread, Bluetooth LE
Velocidade: AXE4200 (até 4,2 Gbps), 2×2 (6 GHz), 2×2 (5 GHz), 2×2 (2,4 GHz)
Memória:1 GB RAM
Ligações: 2 x RJ-45