Corte a inflação no Natal

Ponha a meia na lareira, descalce o sapatinho, coloque o pé em cima da mesa e comece a disparar. Ainda vai a tempo de pagar as prendas do Natal deste ano com esses pezinhos.

Jordan Whitt/Unsplash

Há uma expressão transversal em muitas línguas que, querendo promover na sua essência um carácter misericordioso, me parece sempre perniciosa para quem a ouve: «Isto vai-me doer mais a mim que a ti». Sendo que a afirmação poderá ser dita com a melhor das intenções, a maior parte das vezes é a mais pura das mentiras. Na afirmação que faço a seguir, declaradamente não o é. Até pode o leitor achar que esta coluna serve apenas para atiçar fogo, mas quando penso que há mais de uma década que a escrevo, garanto-lhe que me dói mais a mim que a si. Adelante.

Lá atrás, em 2011, o título da coluna já era utilizado. Embora uma aplicação ou app não se cinja ao mundo mobile, foi com a introdução dos smartphones que o consumidor começou a ouvir o termo com maior frequência. E foi nesse contexto que surgiu o nome da coluna. Em mês de Natal e Mundial de Futebol, esta teria necessariamente de seguir um destes caminhos. Optei pelo primeiro. Pela prenda no sapatinho e a meia pendurada na lareira. E pelo que durante todo o ano se coloca nos dois.

Fui chamado à atenção para o enorme mercado existente de compra e venda de fotografias de pés. Dos inúmeros websites e aplicações que lhe permitem reduzir o impacto da inflação no seu orçamento. Fun fact!? Pode fazer algum dinheiro a vender fotografias dos seus pés. E eu dos meus. A “pancada” deste mercado é tão grande que não são só vendáveis os pés bonitos. Parece haver mercado, mesmo para os para lá de feios. Ou seja, provavelmente pagava-me a prestação da casa.

Instafeet (what else), Feet finder, Fun with feet, Feetify…a lista continuaria mesmo que focada apenas nos pés. Na realidade, poderá vendê-las em qualquer site que compre fotografia. Confesso que não sei como está o mercado português da compra e venda de fotografias de pés. Assusta-me sabê-lo. Por outro lado, vamos ter dos melhores artistas planetários que com eles trabalham no Campeonato o Mundo de Futebol do Catar – a coisa tinha de aqui vir dar.

Se não sabia, sabe agora. Ponha a meia na lareira, descalce o sapatinho, coloque o pé em cima da mesa e comece a disparar. Ainda vai a tempo de pagar as prendas do Natal deste ano com esses pezinhos.