Fotos de webcams, screenshots, logins e cookies: a identidade de 65 mil portugueses está à venda na Internet

A maioria dos logins roubados pertence a contas Google: são mais de 730 mil.

A NordVPN anunciou as conclusões de uma nova pesquisa relacionada com cibersegurança. Segundo esta empresa, há «dados de quase 65 mil portugueses à venda em mercados de bots».

Estes mercados são plataformas online onde os hackers «vendem dados que roubaram dos dispositivos das suas vítimas, através de bots de malware», como o «RedLine, o Vidar, o Racoon, o Taurus e o AZORul»; a nível mundial, a NordVPN fala em «pelo menos cinco milhões de pessoas» afectadas por este esquema.

No mercados de bots, uma identidade pessoal (composta por vários dados) custa, em média, «seis euros». Uma das características destas plataformas é estarem disponíveis na Internet “convencional” e não na chamada ‘dark web‘.

Segundo a NordVPN, entre os exemplos de mercados estão o Genesis e o 2Easy, onde a empresa também recolheu dados para este estudo; em relação aos logins de contas roubados, a maioria pertence à Google, com mais de 730 mil incidências; no topo 3 estão ainda a Microsoft (654 mil) e o Facebook (647 mil). A Apple está em 17.º lugar, com 90 mil logins roubados por bots de malware.

O estudo completo da NordVPN pode ser encontrado aqui.