Instinct Crossover: os novos relógios híbridos da Garmin têm uma autonomia que pode chegar aos dois meses

No caso de optarmos pela versão Solar, que carrega com a luz do Sol, a autonomia torna-se «ilimitada em modo analógico», garante a Garmin.

A Garmin anunciou uma nova gama de relógios inteligentes, que se juntam à gama de dispositivos robustos Instinct. Os Crossover (na versões Tactical, Standard, ambas com opção Solar) são modelos híbridos, já que incluem um mostrador digital e ponteiros analógicos.

No caso da edição Tactical, há compatibilidade com vários sistemas de posicionamento global (o chamado Multi-GNSS), pelo que é possível receber sinal de satélite GPS, GLONASS e Galileo, por exemplo.

Para justificar a designação ‘Tactical Edition’, a Garmin dotou este relógio com funcionalidades que remetem para o universo militar: «Visão nocturna, modo stealth, GPS de duplo formato e kill switch». Esta última permite «apagar dados em caso de emergência».

©Garmin
©Garmin | Nas versões Solar e Standard, os Instinct Crossover podem ser comprados em Azul Tidal e Azul Granito.

Segundo a Garmin, a autonomia é um dos principais argumentos deste novo Instinct: «Até 28 dias no modo smartwatch, até 25 horas no modo GPS e até 71 dias [cerca de dois meses] no modo analógico».

A marca diz que mediu o tempo de bateria tendo em conta uma utilização durante «três horas por dia, ao ar livre, em condições de cinquenta mil lux». No caso de optarmos pela versão Solar, que carrega com a luz do Sol, a autonomia torna-se «ilimitada» no modo analógico, garante a Garmin.

Com o certificado militar MIL-STD-810 e resistente à água até uma profundidade de cem metros, os Instinct Crossover trazem ainda a «nova tecnologia» RevoDrive que permite, em caso de o relógio «sofrer um impacto significativo», fazer uma «autocalibração» para que o smartwatch possa «manter o tempo exacto, independentemente da situação». A medição de vários parâmetros corporais, como o VO2 Max e ritmo cardíaco também está assegurada.

©Garmin
©Garmin | O Instinct Crossover Tactical Edition, apenas disponível em preto, é a versão mais cara: custa 649,99 euros.

O PVP desta nova linha de relógios híbridos da Garmin começa nos 549,99 euros, para a versão Standard, sem a capacidade de carregamento solar. A versão mais cara é a Instinct Crossover Solar – Tactical Edition (apenas em preto), que custa 649,99 euros.