Exclusivo PCGuia – Já conhecemos o primeiro smartphone capaz de enviar e receber mensagens via satélite

Já conhecemos o novo smartphone da Bullitt, que estará equipado com um novo chipset da MediaTek, que permitirá o envio e recepção de mensagens através de uma rede de satélite.

Foi numa breve conversa com Richard Wharton, co-fundador do Grupo Bullitt, que ficámos a conhecer aquele que será o primeiro smartphone do mercado a permitir uma comunicação por mensagens, nos dois sentidos, através de uma ligação por satélite. Recordamos que a Bullitt é o fabricante de smartphones robustos de marcas como a Cat (Caterpillar), Land Rover, Motorola e outros.

É certo que já existem outras soluções no mercado, como os novos iPhone 14 da Apple e futuramente os novos Samsung Galaxy S23, mas estes apenas permitem o envio de uma mensagem SOS, não a realização de envios e recepção de mensagens escritas.

Esta solução, que foi criada em parceria com a MediaTek, implica a utilização de um novo chipset do tipo 3GPP NTN (Non-Terrestrial Network), sendo essencial o uso de software e componentes de serviço proprietários, desenvolvidos por ambas as empresas. Esta solução, que entrará ao serviço assim que o equipamento detecte a inexistência de uma rede dados válida (GSM e Wi-Fi), activa o serviço de mensagens por satélite.

O software integra-se com os contactos existentes no equipamento, por forma a proporcionar uma experiência sem falhas ao usar a ligação por satélite para comunicar com um telefone numa rede móvel. O tempo de envio de mensagem por satélite para um telefone numa rede móvel é de 10 segundos. Se o destinatário tiver o software instalado, poderá responder à mensagem.

Segundo Richard Wharton, o objectivo deste serviço será a democratização da utilização de comunicações via satélite, permitindo assim a operadores de poderem garantir cobertura total da região onde actuam. O sinal de aviso de SOS será gratuito, mas o serviço de mensagens implicará a subscrição de um plano de dados, que terá um custo máximo de um dígito (até 9,99 euros) por mês, e incluirá 20 mensagens.

Infelizmente não podemos revelar mais sobre o equipamento em si, apenas que o mesmo terá o aspecto de um smartphone tradicional. Terá que aguardar até ao CES 2023 para conhecer oficialmente aquele que será o primeiro smartphone a vir equipado com esta tecnologia. Mais tarde, durante o Mobile World Congress 2023, em Barcelona, já o poderemos experimentar e dar o nosso feedback.