Microsoft está a testar uma aplicação semelhante ao CCleaner

A nova aplicação PC Manager da Microsoft serve para limpar os ficheiros desnecessários dos PC com Windows.

PCManager

Muitos utilizadores gostam de manter os seus sistemas de armazenamento livres de ficheiros desnecessários, isto pode ser feito facilmente através de aplicações como o CCleaner ou o Wise Disk Cleaner. Parece que a Microsoft quer entrar neste mercado com uma aplicação própria, chamada PC Manager, que vai ser lançada em breve na loja de aplicações da empresa.

A aplicação PC Manager já está em testes há algum tempo e, aparentemente, inclui muitas das funcionalidades que já estão presentes no Windows e acrescenta outras que servem para ajudarem os utilizadores a libertarem espaço nas suas drives.

No início deste ano, surgiu uma versão de testes beta do PC Manager na versão chinesa da Loja Microsoft. Segundo o site italiano Aggiornamenti Lumia, a aplicação terá sido enviada para outras versões da loja, mas ainda não está visível, o que indica que o lançamento para o público em geral deve estar para breve.

Screenshots da versão em inglês do PC Manager, mostram uma aplicação na Barra de Tarefas que mostra funcionalidades semelhantes à do CCleaner. Permite apagar ficheiros temporários, relatórios de sistema e outros ficheiros que estão a ocupar espaço no disco desnecessariamente. A aplicação também permite procurar ficheiros de grandes dimensões e libertar espaço na memória RAM.

O PC Manager também inclui outras ferramentas como a verificação da saúde do sistema, gestão de armazenamento, verificação de ameaças e gestão de aplicações de arranque. Os utilizadores podem usar muitas destas funcionalidades através das Definições do Windows e também através da aplicação Windows Defender. No entanto, a reunião de várias funcionalidades relacionadas com o desempenho do sistema num único local pode ser uma boa decisão por parte da Microsoft.

A funcionalidade de gestão das aplicações de arranque, mostra o impacto que têm no desempenho do sistema (tal como no Gestor de Tarefas que já está no Windows), o que serve para indicar que aplicações pouco usadas que ocupam recursos no sistema e que podem ser removidas. A aplicação PC Manager também permite terminar processos, também como acontece com o Gestor de Tarefas.

Ainda não há informação concreta acerca de quando é que a aplicação vai estar disponível.