Configure um servidor proxy no seu MAC

Quando falamos de configurações de computadores já vimos ou ouvimos falar do servidor proxy. O proxy é uma das ferramentas importantes usadas para preservar sua privacidade na internet. O servidor proxy faz uma ponte entre seu computador e a internet, de forma geral quando usamos nosso navegador de internet, somos ligados ao site que procuramos, sendo assim o proxy é o intermediário entre nós e o site.

Funcionalidade de um servidor proxy

O endereço IP é essencial para a troca de informações entre o servidor do site que acedemos e o nosso navegador, ele funciona como um endereço da nossa casa. O IP é uma identificação pública, e fica exposto quando usamos a internet.

Quando o proxy é utilizado, oculta o endereço IP, tornando a navegação mais segura, ou seja, com o proxy é como se utilizasse um outro computador que actua como intermediário entre o seu IP e o servidor que irá aceder, ocultando o seu endereço IP, assim como a sua localização, evitando roubos de identidade e informação.

Um dos objectivos de uso do proxy é controlar o acesso sobre o uso de conteúdos da internet, seja em escolas, empresas e crianças, dessa forma é possível limitar e filtrar o acesso a sites.

O Proxy pode em alguns casos, auxiliar na aceleração durante a navegação. Isto pode acontecer porque a página que será acedida já tem o seu registo armazenado na cache no seu dispositivo, quando aceder ao site novamente não é preciso fazer o reconhecimento novamente, tornando os acessos seguintes mais rápidos.

Proxy e a semelhança com VPN

A única semelhança entre um proxy e uma VPN é que usam servidores intermediários para conectar à internet. Pois o proxy canaliza o tráfego para o seu destino e a VPN faz a criptografia de todo o tráfego, entre o servidor e o dispositivo.

Configurando proxy no seu MAC

Ao configurar um servidor de proxy no MAC, o seu tráfego de rede será enviado através do servidor proxy antes de chegar ao destino. Isto pode ser usado para escapar a bloqueios geográficos assim como evitar um firewall.

O proxy definido será utilizado pelo Google Chrome, Apple Safari, entre outras aplicações respeitando as configurações de proxy. Aplicações como o Mozilla Firefox, podem fazer uso das próprias configurações personalizadas de proxy, indiferente das configurações de sistema.

Defina as configurações de proxy no seu MAC

1 – Em Preferências do Sistema, clique no seu Dock ou vá para o menu Apple> Preferências do Sistema. Clique no ícone “Rede”.

2 – Selecciona na lista a conexão de rede utilizada. Ou seja, se você quer configurar o proxy a ser utilizado para conectar-se em redes Wi-Fi, marque a opção “WiFi”. Para configurara o proxy a ser usado quando conectado nas redes com fio, marque a opção “Ethernet”.

3 – Seleccione a opção “Avançado” no lado inferior direito da janela Rede.

4 – Clique na guia “Proxies”. É preciso configurar o proxy activando uma ou mais opções de selecção do protocolo.

Para que o proxy defina de forma automática as configurações de proxy e detecte se este for necessário, ative no MAC a opção “Auto Proxy Discover”. O Mac fará uso do protocolo Web Proxy Auto Discover, ou WPAD, para automaticamente detectar se o proxy é necessário. Esse tipo de configuração pode ser usado em redes de escolas ou empresas.

5 – No caso de fazer uso de um script para configuração automática do proxy (.PAC), ative a opção “Configuração automática de proxy”. Acrescente da localização do script na barra URL.

Se não precisar fazer uso de script para configurar automaticamente o proxy, não seleccione essa opção.

Para configurações manuais de um proxy, é necessário activar um ou mais HTTP (web proxy), HTTPS (secure web proxy), Socks proxy, RTSP e seleccionar as opções de “gopher proxy”.

No caso de não desejar configurar de forma manual o proxy, verifique que todas as opções estejam desmarcadas.

Se apresentar problemas ao ligar-se aos servidores FTP, após a configuração do proxy FTP, verifique de que a caixa “PASV (usar modo FTP passivo)” está activada no canto inferior da janela. Esta opção já vem activada. Depois, seleccione OK para gravar as configurações e em APLICAR na parte inferior direita, na janela configurações de redes.

No caso de algum erro ou problema na configuração do proxy, uma mensagem de erro de rede surgirá na tela quando se utiliza o Google Chrome ou Safari.

Além de configurar o proxy pelas configurações de proxy, também se pode configura-lo directo pelo navegador.

Os servidores de proxy apresentam diversas vantagens em seu uso, porém estes também possuem vulnerabilidades e como toda ferramenta o proxy pode ser utilizado para o bem tanto quanto para o mal. Duas das vulnerabilidades do servidor são:

– Os históricos de acesso e pesquisas permanecem visíveis;

– O servidor de proxy costuma funcionar em navegadores sem abarcar outras aplicações do seu MAC, desta forma ele tem a extensão de segurança e protecção limitada;

Tipos de servidores proxy

Existem diversas formas de uso dos servidores proxy, assim como há vários tipos de proxy. Aquele que seja mais ideal para o seu trabalho vai depender das camadas de protecção e do que precisa.

Proxy para dispositivos móveis

O cenário digital em que vivemos percorreu um longo caminho nos últimos anos, com a maior parte do tráfego de dados saindo do desktop para dispositivos móveis, como smartphones e tablets, desta forma o sector tem usado proxy 4g brasil, onde se utilizam endereços IP móveis toda vez que fica online com seu smartphone ou tablet.

Um dos aspectos mais vantajosos de um proxy móvel é que é possível aproveitar um endereço IP móvel real para uso com software, ferramentas de SEO, aplicativos de automação

Proxy anónimo

Oferece protecção ao ocultar seu IP, protegendo-o do servidor e impede ameaças ou roubos de dados. Porem esse tipo de proxy não oculta a utilização do mesmo. Com este tipo de proxy não é possível aceder a páginas que impedem o acesso de computadores que usam um proxy.

Proxy elite

O proxy elite, também conhecido como proxy altamente anónimo pois este possui uma camada extra de protecção e também oculta a informação de uso do proxy e do endereço IP.

Este também dificulta a monitorização da origem do tráfego, alterando com frequência o endereço IP usado, oferecendo um nível maior de anonimato.

Fazer uso consciente e adequado dos recursos que o proxy oferece, faz com que se torne uma de nossas ferramentas de segurança.