Web3 Exclusible: esta empresa nacional criou uma cópia da Madeira no metaverso (vídeo)

Nesta Madeira virtual, vamos poder comprar terrenos e construir casas: os preços começam nos 1380 euros.

É o «primeiro metaverso reconhecido por um governo». No mundo virtual, onde centenas de empresas começaram a apostar e a desenvolver conteúdo, vai existir uma cópia da ilha da Madeira, onde podemos comprar terrenos e construir edifícios, que fica “online” a 28 de Outubro.

A iniciativa foi da startup portuguesa Web3 Exclusible, fundada por «entusiastas do portugueses e franceses do metaverso», liderada por Thibault Launay e com Artur Goulão (criador da Utrust) no cargo de CTO.

No metaverso, passa assim a haver uma Madeira digital, baptizada de Madalia, e reconhecida pela Governo Regional da Madeira, organismo com o qual a Web3 Exclusible fez uma parceria para «emissão de licenças de construção virtual» – ou seja, a burocracia chegou, também, a este mundo digital.

A Madalia tem disponíveis quinhentos terrenos de vários tamanhos e tipos, todos situados na zona desta ilha virtual correspondente ao Parque Natural da Madeira. Na realidade, as construções físicas estão proibidas nesta área, que tem 444 metros quadrados.

©Exclusible
©Exclusible | Os castelos são uma das construções possíveis na Madalia.

Para comprar uma parcela de terreno, é preciso ter conta na plataforma da Exclusible e fundos na carteira digital associada. Para já, existem apenas dois níveis (‘tiers’) de aquisição: Silver e Bronze, por um (1380 euros) e cinco Ethereum (6900 euros), respectivamente.

Contudo, vão ficar disponíveis mais dois: Gold (89 parcelas de três hectares, no valor de 13 Ethereum, cerca de dezoito mil euros) e Platinum (34 parcelas de nove a 28 Ethereum cada, com um preço que ronda os quarenta mil euros).

A empresa deu ainda um cariz ambiental a esta venda de terrenos: por cada NFT comprado, a Web3 Exclusible compromete-se a plantar uma árvore e a doar 10% dos lucros conseguidos com a Madalia a uma «entidade ligada à preservação da Natureza», que seja «regulada por um governo».

«Com o lançamento da Madalia, aumentamos a nossa presença no segmento dos mercados imobiliário e de luxo, e vamos continuar a perceber onde a comunidade Web3 quer estar e quais as experiências que procura», justifica Thibault Launay, CEO da Exclusible.