Loquor ergo sum?!?

Os computadores não estão vivos, apesar de locuções que parecem inteligentes.

Rawpixel/Freepik

Um dos tópicos que mais entretém os humanos em acrobacias mentais, morais e intelectuais é a definição de vida: no Universo, no útero e em chapas de silício. A vida não precisa de consciência mas, onde há inteligência haverá vida? Inteligência é o mesmo que consciência? E o que significa isto tudo?

Blake Lemoine trabalha no desenvolvimento do LaMDA, um sistema de inteligência artificial (AI) da Google. No processo de detecção de preconceitos da AI, Lemoine achou que as respostas não eram apenas a regurgitação coerente de conceitos ordenados taxonomicamente em elevada escala, mas sinal de inteligência. Para Lemoine, as respostas dadas provavam que a AI tinha consciência de si.

Como, para os animistas do silício, inteligência é sinal de vida, questionaram logo se a AI tinha direitos, identidade, uma alma. Responsáveis da Google negaram que a AI tinha consciência, era apenas uma projecção de Lemoine. Os computadores não estão vivos, apesar de locuções que parecem inteligentes, assim como um cacto não se submete à tarefa espinhosa de separar filosoficamente o mundo físico do mental e, no entanto, vive. Ou aqueles políticos que respiram e têm resposta para tudo, mas não têm, nem inteligência, nem vida. Só espinhos.

Lemoine, em entrevista à Bloomberg Technology, diz que o foco da discussão não é saber se a AI tem direitos, mas descobrir porque é que a Google continua a despedir eticistas e a evitar questões de ética. São os interesses comerciais a ter prioridade sobre os humanos. A Cyberdyne Systems também era uma empresa capitalista, se bem me lembro. Lemoine, entretanto, foi colocado em “baixa administrativa”.

Será que a AI se importa? Qual é o significado disto tudo? Segundo Douglas Adams, 42. Ou, na filosofia dos Monty Python: «Tentem ser simpáticos, evitem comer gorduras, leiam um bom livro de vez em quando, andem um bocado e tentem viver em paz e harmonia com gente de todos os credos e nações». Aleluia.

Always look on the bright side of life, fiu,fiu fiu, fiufiu-fiufiufiufiu.