Intel e Broadcom demonstram velocidade da norma Wi-Fi 7

A norma Wi-fi 7 deve estar finalizada em 2024 e nos testes feitos pela Intel e Broadcom, conseguiu chegar aos 5 Gbps.

A Intel e a Broadcom publicaram um vídeo na semana passada onde demonstram a primeira ligação Wi-Fi 7 (802.11be) entre dispositivos de fabricantes diferentes. A prova de que produtos de dois fabricantes diferentes conseguem usar a mesma norma Wi-fi para comunicar entre si é um passo importante na definição das normas de comunicações digitais sem fios.

Na apresentação conjunta, a Intel e a Broadcom ligaram um computador portátil a um modem Wi-Fi 7 da Broadcom, tendo conseguido velocidades que chegaram aos 5 Gbps. Isto mostra a evolução em relação à norma actual, a Wi-Fi 6 (802.11ax) que consegue velocidades de até 1,7 Gbps.

Para além do grande aumento de velocidade, as novas frequências e a largura de banda dos canais usadas pela norma Wi-Fi 7, permitem ligações simultâneas estáveis de um maior número de dispositivos. A norma Wi-Fi 6, consegue aceder a larguras de banda de 20, 40, 80 e 160 MHz por canal na gama de frequências dos 2,4 e 5 Ghz. A norma Wi-Fi 7 adiciona um canal a 320 Mhz e uma nova gama de frequências de 6 GHz. Também consegue alternar entre frequências e canais, para melhorar a estabilidade da ligação. Segundo a Intel, a norma Wi-Fi 7 vai facilitar o funcionamento de novas tecnologias, como a Realidade Aumentada, Realidade Virtual e streaming de conteúdos com resolução até 16 K.

A norma Wi-Fi 6E acrescenta uma gama de frequências de 6 GHz à Wi-Fi 6, mas a adopção pelos fabricantes é algo reduzida. Os problemas nas cadeias de distribuição, devido à pandemia, tornaram o fabrico de dispositivos Wi-Fi 6E pouco atractivo. Por isso, muitos preferiram manter a produção de dispositivos Wi-Fi 6 até a norma Wi-Fi 7 ser finalizada. Até à apresentação do iPhone 14, na semana passada, especulava-se que o novo smartphone da Apple iria incluir compatibilidade com Wi-Fi 6E, mas esses rumores eram infundados.

No mês passado, a Intel disse que será possível ter portáteis e desktops com Wi-Fi 7 nas lojas em 2024. Outros fabricantes já demonstraram produtos Wi-Fi 7 baseados nas especificações preliminares. Mas a IEEE só deve ter a versão final na norma Wi-Fi 7 em 2024.

Na edição deste ano da CES, a MediaTek demonstrou o funcionamento da norma Wi-Fi 7, mas foi apenas com o recurso a hardware próprio. A Qualcomm já fala desta norma desde 2019 e mostrou o FastConnect 7800, seu primeiro chip Wi-Fi 7, no Mobile World Congress deste ano.