Dez minutos para carregar 100% da bateria: a Vivo é a «primeira marca a nível mundial» com carregamento flash de 200 W?

O iQOO 10 Pro é um modelo destinado apenas ao mercado asiático e não estará à venda em Portugal - o preço ronda os oitocentos euros.
©Vivo
©Vivo

A marca chinesa Vivo terá, ao que tudo indica, ganho a corrida pelo lançamento comercial, num telemóvel, dos carregadores ultra-rápidos de bateria às suas rivais Oppo e Xiaomi.

Estas duas marcas já tinham anunciado recursos de carregamento de 200 e 240 W, respectivamente: a Oppo mostrou a sua solução no Mobile World Congress deste ano e a Xiaomi já tinha feito o mesmo em 2021. Contudo, nenhuma destas marcas conseguiu, até agora, lançar um smartphone no mercado com a tecnologia anunciada.

A Vivo será, assim, a primeira empresa a ter um modelo com carregamento flash de 200 W, o iQOO 10 Pro, um smartphone de gaming. Segundo a marca, são apenas precisos dez minutos para que a bateria faça um carregamento completo, ou seja, de 1 a 100%.

Ainda assim, esta capacidade de carregamento foi apenas testada num ambiente de laboratório a uma temperatura de 25 graus (com variação média de 1 grau) e sob muitas limitações: o iQOO 10 Pro usado tinha «todos os serviços e funções móveis desligados», ou seja, sem Wi-Fi, dados móveis, Bluetooth ou NFC activos, por exemplo – podia apenas receber ou fazer chamadas telefónicas, sublinha a marca.

O iQOO 10 Pro é um modelo destinado apenas ao mercado asiático e não estará à venda em Portugal – o preço ronda os oitocentos euros. Em termos de características, este smartphone de gaming tem um Snapdragon 8+ Gen 1, um chip de processamento de imagem V1+ da Vivo e um ecrã 2K HDR10+.