Xiaomi apresenta oficialmente a série 12S, que não será vendida na Europa

Com o lançamento dos novos Xiaomi 12S, 12S Pro e 12S Ultra, a Xiaomi inicia uma nova parceria estratégica com a Leica. Infelizmente, estes equipamentos não serão lançados na Europa.

Depois de alguma especulação, por se tratar da primeira família de equipamentos a ser desenvolvida em parceria com a Leica, a Xiaomi revelou oficialmente a nova série de smartphones 12S, composta pelos modelos Xiaomi 12S, 12S Pro e 12S Ultra. Todos estes equipamentos deverão ser colocados à venda, muito em breve, nas lojas oficiais da Xiaomi na China, não estando, para já, prevista a comercialização destes modelos para os restantes mercados.

Conforme se previa, visualmente os novos Xiaomi 12S e 12S Pro não diferem muito da série Xiaomi 12, lançada no final do ano passado, continuando ambos a contar com um ecrã AMOLED de 6.28 e 6.73 polegadas, respectivamente, com ambos a lidarem com uma taxa de actualização de ecrã de 120 Hz. O módulo das câmaras traseiras são praticamente idênticos, com uma combinação de três sensores Sony IMX707 de 50 MP para o Xiaomi 12S Pro e um sensor Sony IMX707 para a câmara principal, sensor de 13 MP para a ultra grande angular e 5 MP para a telefoto, no caso do Xiaomi 12S.

Internamente ambos contam com a presença do novo SoC (System-on-Chip) da Qualcomm, o Snapdragon 8+ Gen1, que promete oferecer um aumento de até 10% de desempenho, e uma redução no consumo de energia que poderá chegar aos 30%. Isto significa que deverão oferecer uma maior autonomia, estando o Xiaomi 12S equipado com uma bateria de 4500 mAh, com capacidade de carregamento até 67W por cabo, e 50W via wireless. Já o Xiaomi 12S Pro utiliza uma baetria de 4600 mAh, e consegue carregar até 120W usando o transformador fornecido, e até 50W via wireless, graças à integração do chipset Xiaomi Surge P1.

Relativamente ao modelo que tem registado maior interesse, o novo Xiaomi 12S Ultra abandona a solução com o ecrã traseiro integrado, tendo este novo smartphone de topo um visual claramente inspirado numa câmara fotográfica digital. O módulo das câmaras traseiras ocupa uma consideravel área do painel traseiro do equipamento, fruto da utilização do novíssimo sensor de imagem Sony IMX989 com uma polegada de tamanho.

Este sensor, com 50 milhões de píxeis, é capaz de combinar a informação de quatro píxeis num só, garantindo assim a informação correspondente a um píxel de 3.2µm, o maior alguma vez usado num smartphone. A parceria com a Leica permitiu optimizar o desenho das lentes utilizadas na objectiva, permitindo assim tirar partido das capacidades deste novo sensor de imagem.

Igualmente relevantes são os perfis de imagem Leica, sendo disponibilizados dois modos fotográficos, o “Leica Authentic Look”, que tenta recriar o perfil de cor natural, característico das máquinas Leica, e o “Leica Vibrant Look”, que combina o processamento de imagem computacional da Xiaomi com os perfis de cor da Leica. Foram igualmente disponibilizados filtros Leica – Leica Vivid, Leica Natural, Leica BW Natural e Leica BW High Contrast.

Segundo a Xiaomi, os novos Xiaomi 12S e 12S Pro estarão disponíveis em versões de 8 GB e 128GB, 8GB e 256GB, 12GB e 256GB e 12GB e 512GB, com preços que começam nos 3999 Yuan (570 euros) para o Xiaomi 12S, e 4699 Yuan (670 euros) para o Xiaomi 12S Pro. Já o Xiaomi 12S Ultra, este estará disponível nas variantes de 8GB e 256GB, 12GB e 256GB e 12GB e 512GB, com preços que começam nos 5999 Yuan (860 euros).