Samsung Galaxy S23 deverão utilizar apenas processadores da Qualcomm

Segundo uma entrevista dada por Cristinano Amon, CEO da Qualcomm, em 2023, a Samsung só deverá utilizar processadores Qualcomm nos smartphones Galaxy de topo.

Durante a apresentação de resultados do segundo trimestre do ano, Cristiano Amon, CEO da Qualcomm, revelou que de todos os smartphones da gama Galaxy S22 da Samsung vendidos, 75% das unidades vendidas estão equipadas com o SoC (System-on-Chip) da Qualcomm, o Snapdragon 8 Gen1, e que só os restantes, que foram vendidos na Europa, estavam equipados com o Exynos 2200.

Embora seja estranho um fornecedor estar a falar de resultados de um dos seus principais clientes, Cristiano Amon não escondeu que espera que o resultado para o próximo ano seja muito superior que o actual, o que deixa antever (mas sem confirmar) que a futura família de smartphones Galaxy S23 deverá utilizar somente processadores da Qualcomm, abandonando a habitual aplicação dos SoC próprios para os modelos europeus.

Sem nunca confirmar oficialmente, estas declarações do CEO da Qualcomm estão alinhadas com os rumores que têm surgido nas redes sociais (como Twitter e Weibo), de que a Samsung estará insatisfeita com os resultados de desenvolvimento dos seus processadores Exynos de topo (nomeadamente Exynos 2230 5G e Exynos 2300), e que deverá suspender, temporariamente, o seu desenvolvimento.

A acontecer, isto não deverá afectar as restantes famílias de processadores Exynos, que continuam a ser produzidas para equipamentos de gama média, televisores, wearables e outros dispositivos inteligentes. Relativamente à Qualcomm, o seu próximo grande lançamento deverá ocorrer durante o próximo mês de Novembro, altura em que revelarão o novo Snapdragon 8 Gen2.