Agência Espacial Europeia vai dar uma conferência de imprensa sobre os planos para explorar Marte

O anúncio da ESA pode estar relacionado com a apresentação de um novo programa semelhante ao ExoMars: se isto acontecer, a NASA substitui a Rússia como parceira.

©ESA
©ESA | ExoMars

Depois de uma semana em que a NASA divulgou as primeiras imagens do Espaço profundo captadas pelo telescópio James Webb, é a Agência Espacial Europeia (ESA) que se prepara para dar pormenores sobre projectos relacionados com a chegada a Marte.

A ESA marcou uma conferência de imprensa para o próximo dia 20 de Julho, às 16 horas, em que vai anunciar «planos arrojados e concretos que podem redefinir a estratégia europeia para explorar» o Planeta Vermelho.

Este anúncio será feito em parceria com a NASA, com quem a ESA está a «trabalhar para encontrar a melhor abordagem para explorar a superfície de Marte pela primeira vez». Um dos objectivos será recolher «amostras preciosas» do solo para analisar na Terra.

Desta forma, uma das possibilidades será o envio de um novo veículo controlado remotamente para Marte, depois do falhanço do ExoMars, em 2016. Uma nova sonda esteve em testes para ser lançada em 2020, mas também acabou por sofrer vários problemas que adiaram os planos da ESA.

Em Março deste ano, e devido ao facto de a Rússia ser uma das parceiras da Agência Espacial Europeia neste projecto, o programa ExoMars foi suspenso.