WhatsApp já permite calar outros utilizadores durante chamadas em grupo

O WhatsApp permite agora a qualquer utilizador "calar" outro durante chamadas de voz em grupo.

WhatsApp New

Na semana passada, o WhatsApp lançou um conjunto de novas funcionalidades, incluindo a possibilidade de qualquer utilizador cortar som de qualquer outro, durante chamadas de grupo. Esta nova funcionalidade é útil não só para calar quem se esqueceu de o fazer (para impedir que as pessoas falem umas por cima das outras), como também para evitar ouvir o eco de quem está a participar numa mesma chamada no mesmo espaço físico.

Embora algumas aplicações, como o Zoom e o Microsoft Teams, permitirem aos administradores desligar o microfone de todos os participantes (ou só de alguns) numa reunião online, tipicamente não permitem que um utilizador individual o faça. 

Para além da nova funcionalidade que permite desligar o microfone, o WhatsApp permite agora enviar mensagens pessoais a utilizadores específicos durante chamadas em grupo. Para além disto, o WhatsApp vai passar a notificar todos os participantes de uma chamada em grupo, quando um novo participante se junta à chamada depois de ter sido iniciada.

Mas não é tudo, na sexta-feira o WhatsApp também anunciou que já possível definir que contactos podem ver as fotos de perfil, a biografia e a última vez que o utilizador esteve ligado ao serviço. Estas funcionalidades de privacidade destinam-se a quem quiser manter os contactos profissionais separados dos contactos pessoais ou impedir o acesso a determinados utilizadores. Desde o ano passado que o WhatsApp começou a esconder a data do último acesso ao serviço de quem não estiver na lista de contactos do utilizador devido a preocupações com a privacidade dos utilizadores.

Por fim, a partir da semana passada começou a ser possível transferir o histórico de conversas de dispositivos Android para iPhone. Desde o ano passado que já era possível passar o histórico dos iPhone para Android.