Vivo está a trabalhar num sistema de carregamento de 200W

A Vivo certificou no mercado Chinês um novo carregador que será capaz de alimentar dispositivos móveis com 20V a 10A, o que corresponde a uma potência máxima de 200W.

Segundo dados revelados na rede social Chinesa Weibo, a Vivo está a desenvolver um novo sistema de carregamento rápido para dispositivos móveis, tendo já certificado no mercado chinês um carregador que deverá garantir até 200W de carga máxima.

Designado de V2001L0B0-CN, este carregador deverá garantir até 20V de corrente com uma carga de 10A, o que permitirá atingir os tais 200W de potência máxima. Este carregador deverá ser usado no futuro iQOO 10 Pro, um smartphone topo de gama previsto para o final do presente ano.

Mas a Vivo não está sozinha nesta corrida das tecnologias de carregamento rápido, tendo a Realme anunciado, no passado mês de Fevereiro, que estaria a desenvolver um sistema de carregamento, designado de UDCA (UltraDart Charging Architecture), que é capaz de trabalhar entre os 100 e 200W de potência.

Até ao momento, só o Realme GT Neo3 consegue tirar partido dessa tecnologia, e embora seja considerado como o smartphone com o carregamento mais rápido do mercado, este está limitado a 150W, por questões de segurança (temperatura e durabilidade da bateria).