Microsoft suspende suporte ao Internet Explorer amanhã

Tal como estava planeado, a Microsoft vai deixar de dar suporte técnico e de lançar actualizações para o Internet Explorer no dia 15 de Junho.
Internet-Explorer-New

A Microsoft vai deixar finalmente de dar suporte técnico ao browser Internet Explorer no dia 15 de Junho de 2022. Há mais de um ano, a empresa já tinha anunciado que o Internet Explorer ia ser removido da maioria das versões do Windows 10 em 2022 e desde o anúncio tem encorajado os seus clientes a removerem o browser dos sistemas das suas organizações.

O Internet Explorer 11 será removido do Windows 10, a partir da versão 20H2 e posteriores e do Windows 10 IoT. Os produtos em que o Internet Explorer se mantém são o Modo IE no Edge, o Internet Explorer 11 no Windows 8.1, Windows 7 (que tenha os Extended Security Updates), Windows Server LTSC (todas as versões), Windows Server 2022, cliente Windows LTSC (todas as versões) e Windows 10 IoT LTSC (todas as versões). O Internet Explorer já não estava disponível no Windows 11 porque é o Edge que assume o papel de browser padrão.

O Modo IE no Microsoft Edge vai continuar a ser suportado até, pelo menos, 2029 , para dar aos programadores alguns anos para poderem modernizar aplicações antigas, o que vai fazer com que estes modo de funcionamento deixe de ser necessário.

A partir do dia 15 de Junho, quem ainda usar o Internet Explorer vai receber notificações para começar a usar o Edge. Algum tempo mais tarde, o browser antigos será removido de vez através de uma actualização do Windows.

A primeira versão do Internet Explorer foi lançada em 1995 ao mesmo tempo que o Windows 95. O Internet Explorer 11 foi lançado em Outubro de 2013 e o Microsoft Edge foi lançado em 2015.