Electronic Arts muda o nome do popular jogo de futebol FIFA

O final de 2022 marca o fim da colaboração em videojogos entre a Electronic Arts e a FIFA.
fifa-22

A Electronic Arts anunciou que o próximo FIFA 23 será o último jogo de futebol da empresa com a marca da entidade que gere o futebol mundial. A versão seguinte chamar-se-á EA Sports FC. Segundo a EA, esta separação vai permitir-lhe “acrescentar mais” aos seus títulos de futebol, embora não tenha especificado o que é que pode acrescentar mais. Ao mesmo tempo, a FIFA anunciou planos próprios para desenvolver videojogos de futebol.

Apesar de ter deixado de usar o nome FIFA, a Electronic Arts mantém acordos de licenciamento com várias ligas, clubes, jogadores e marcas, incluindo a LaLiga, Premier League, Bundesliga, Serie A e a liga americana. A EA diz que as versões futuras dos seus jogos, vão manter todo o conteúdo e modos de jogo dos FIFA anteriores, com excepção do conteúdo relacionado com o Campeonato do Mundo, que é publicado a cada quatro anos.

Em Outubro passado, o CEO da Electronic Arts, Andrew Wilson, disse que os acordos de licenciamento de videojogos com a FIFA limitavam muito o que os editores podiam colocar nos jogos. O acordo não permitia a inclusão de modos de jogo que fossem para além de jogos 11 contra 11, ou celebrar acordos de parceria directos com marcas de equipamento desportivo, como a Nike. O anúncio da separação entre a EA e a FIFA, menciona que a EA já celebrou uma parceria com a Nike para inclusão no futuro EA Sports FC. Numa entrevista à BBC, um responsável da EA disse que depois de se libertar das restrições impostas pela FIFA, o novo jogo EA Sports FC vai poder oferecer mais conteúdos de outras marcas, ter eventos ao vivo e até fazer streaming de jogos reais.

Segundo algumas notícias, o valor de mil milhões de dólares a cada quatro anos, que FIFA pedia à EA para manter os direitos de licenciamento, também foram uma das principais causas do divórcio entre as duas entidades.

Em resposta ao anúncio da EA, a FIFA prometeu o lançamento de outros videojogos com o nome FIFA vindos de outras editoras. A organização disse o que o contrato com a EA, que acaba no final de 2022, apenas cobre a edição de jogos de simulação e que está planeado o lançamento de jogos de outros géneros ainda este ano. A partir de 2024, a FIFA planeia começar a trabalhar em jogos de simulação de futebol com outras editoras.

Segundo o presidente da FIFA, os futuros jogos vão manter a designação que foi usada pelos jogos feitos pela EA.

Não se sabe que empresa poderá vir a trabalhar com a FIFA para competir com a EA. Neste momento, o único concorrente com a série de jogos da Electronic Arts é o eFootbal da Konami (o antigo Pro Evolution Soccer, também conhecido como PES), que ainda está a recuperar de um dos piores lançamentos de sempre.