Segundo a Microsoft, o serviço de streaming de jogos Xbox Cloud Gaming já foi usado por mais de 10 milhões de pessoas

Até agora, a Microsoft foi a única empresa a divulgar números sobre a quantidade de utilizadores de um serviço de streaming de jogos.

Xbox_Cloud_gaming
Imagem - Microsoft

Na passada terça-feira, durante a apresentação dos resultados trimestrais da Microsoft, o CEO da empresa, Satya Nadella, disse que mais de 10 milhões de pessoas já usaram o serviço de streaming de jogos Xbox Cloud Gaming. O serviço de streaming de jogos da Microsoft só está disponível aos utilizadores que paguem 12,99 euros pelo Xbox Game Pass Ultimate. A menção sobre o número de utilizadores também foi uma das únicas neste género de serviços, porque nem a Google divulga números sobre o Stadia, nem a Nvidia divulga números sobre o serviço GeForce Now. 

Aparentemente, o Game Pass foi uma boa aposta da Microsoft. Segundo a empresa, em 2021, o serviço tinha 25 milhões de subscritores, contra 18 milhões no ano anterior. Apesar do aparente sucesso, não se sabe o que a Microsoft define o que é um jogo que foi jogado em streaming no serviço Xbox Cloud Gaming, por isso não se sabe o que os números representam, quantos subscritores estão incluídos ou quanto tempo de jogo é necessário para contar como um stream de um jogo.

A Microsoft investiu bastante no lançamento do Xbox Cloud Gaming. Foi lançado primeiro para Android e depois para iOS e PC. Só mais tarde é que foi lançado para as consolas Xbox. Desde Outubro do ano passado que o serviço está baseado em hardware Xbox Series X adaptado para o efeito, o que permitiu melhorar os tempos de carregamento e as framerates.

No mesmo anúncio, a Microsoft informou que Março foi o melhor mês de vendas das consolas Xbox em 11 anos e que os lucros da divisão de hardware Xbox subiram 14 por cento.