PlayStation 5 recebe taxa de actualização variável

Já começou a ser distribuída a actualização de firmware que vai permitir à PlayStation 5 reproduzir imagens com uma taxa de actualização variável.

Depois de a Xbox incluir a possibilidade de usar a tecnologia de taxa de actualização variável das imagens reproduzidas pelas consolas, a Sony começou a distribuição da actualização de firmware que vai trazer também esta possibilidade às consolas PlayStation 5.

A taxa de actualização variável, ou VRR (Variable Refresh Rate) e é semelhante a tecnologias como a DisplayPort Adaptive Sync (também conhecida como AMD FreeSync) e a G-Sync da Nvidia. As definições da versão 2.1 da norma HDMI incluem uma funcionalidade semelhante, chamada HDMI 2.1 VRR, embora a sua implementação seja opcional.

No campo da Xbox, a tecnologia VRR já podia ser usada através das ligações HDMI nos modelos Xbox One S e Xbox One X, mesmo antes de esta possibilidade ser acrescentada à norma HDMI. Esta implementação usava um truque que permitia usar o método de reprodução de VRR através de ligações DisplayPort, só que em ligações HDMI. Este mesmo truque foi usado pela AMD nas versões iniciais da tecnologia FreeSync. Naturalmente, os modelos actuais das consolas Xbox utilizam a norma oficial HDMI 2.1 VRR.

Agora, a tecnologia VRR também chegou à PlayStation 5. A Sony tinha anunciado em Março que estava a desenvolver esta funcionalidade, mas, na altura, não deu nenhum prazo para a sua disponibilização, disse apenas que seria lançada “no próximo mês”. Apesar deste anúncio, a actualização anterior, 22.01-05.02.00, lançada à 15 dias ainda não incluía VRR.

VRR_PS5

Para ligar a VRR, após a actualização estar instalada os utilizadores têm de aceder a Settings → Video Output → Screen and Video (Definições. Saída de vídeo, Ecrã e vídeo). Nesse ecrã pode simplesmente ligar essa opção. Assim que o fizer, a definição é aplicada a todo o sistema, mas os jogos de PlayStation 4 não vão poder tirar partido dela. Para além disto, alguns jogos receberam actualizações específicas para tirarem partido desta nova funcionalidade:

Astro’s Playroom
Call of Duty Vanguard and Black Ops Cold War
Deathloop
Destiny 2
Devil May Cry 5 Special Edition
DIRT 5
Godfall
Marvel’s Spider-Man Remastered & Miles Morales
Ratchet & Clank: Rift Apart
Resident Evil VILLAGE
Tiny Tina’s Wonderlands
Tom Clancy’s Rainbow Six Siege
Tribes of Midgard
ratchet
Ratchet & Clank: Rift Apart

Esta funcionalidade é uma adição bem-vinda para os utilizadores e também para os editores de jogos que podem estabilizar as taxas de actualização de alguns jogos que podem ser executados a mais de 30 FPS, mas que têm dificuldades em manter as 60 FPS.