Dynabook Portégé X30L

A nova gama Portégé X30L garante todas as características típicas de modelos profissionais da Dynabook, com um chassis leve e compacto, mas robusto e resistente.

Este novo Portégé impressiona pelo seu peso (apenas 906 gramas), bem como pela utilização de um chassis mais compacto que o habitual, graças à implementação de um ecrã IPS IGZO Sharp de 13,3 polegadas, que garante uma excelente imagem com resolução FHD 1080p e 470 nits de brilho máximo.

A estrutura em magnésio foi sujeita aos exigentes testes de robustez MIL-STD 810G, o que à partida lhe dará uma confiança adicional, caso ocorra algum acidente. Este chassis é tão estreito que a porta Gigabit LAN precisou de ter uma moldura de protecção mais espessa que o resto do equipamento; nas ligações físicas temos ainda duas portas USB 3.1 e USB-C 3.1 Gen2 compatíveis com Thunderbolt 4, sendo estas últimas responsáveis pela alimentação da bateria (finalmente), que tem quatro células de iões de lítio.

Bateria para todo o dia
Esta ligação USB-C permite que o Portégé X30L possa ser usado com carregadores de smartphones (com um de 65 W, por exemplo) para tirar partido da tecnologia de carregamento rápido, que garante que trinta minutos de carga se traduzam em até seis horas de utilização.

Ao todo conseguimos mais de onze horas e vinte minutos no teste de autonomia do PCMark 10, um valor bastante interessante, mas ainda longe das quinze horas anunciadas pela Dynabook. Claro que, para este resultado, foi fundamental a utilização de uma configuração eficaz, como o já referido ecrã LCD, mais compacto, mas também o processador Intel, configurado para trabalhar com um TDP de apenas 28 W.

Plataforma Intel
O processador escolhido para este modelo foi um Intel Core i7-1165G7 (com uma controladora gráfica integrada Intel Iris Xe Graphics) de quatro núcleos e oito threads, 12 MB de cache, e uma frequência variável de 1,2 (TDP baixo), passando pelos 2,8 (TDP base), até aos 4,7 GHz, graças à tecnologia Max Turbo da Intel.

O Portégé X30L que testámos tinha ainda 16 GB de memória RAM DDR4 (3200 MHz) e uma unidade SSD NVMe PCIe de 512 GB. Esta configuração garantiu um desempenho dentro do esperado, embora tivéssemos notado algumas limitações em termos gráficos, uma vez que os 7677 pontos obtidos no teste Wildlife do 3D Mark são significativamente inferiores aos mais de dez mil obtidos com outros equipamentos de configuração similar.

Mesmo com a já referida porta Gigabit LAN, a que se soma WiFi6 e diversas soluções de segurança (TPM 2.0, sensor de impressões digitais, câmara com portinhola e autenticação Windows Hello), o valor pedido pela Dynabook parece-nos exagerado.


Distribuidor: Dynabook

Preço: €1729


Benchmarks

  • PCMark 10: 4889
  • PCMark 10 Productivity: 6837
  • PCMark 10 Battery: 682 minutos
  • 3D Mark Wildlife: 7677

Ficha Técnica

Processador: Intel Core i7-1165G7 2,8 GHz
Memória: 16 GB DDR4 3200 MHz
Armazenamento: 512 GB SSD NVMe
Placa Gráfica:
Intel Iris Xe Graphics
Ecrã:
13,3” IPS (1920 x 1080)
Ligações:
2 x USB 3.1 Gen1, 2 x USB-C 3.1 Gen2, HDMI, Gigabit LAN, MicroSD, jack 3,5 mm
Dimensões: 306 x 210 x 17,9 mm
Peso: 906 gr