Microsoft disponibiliza API DirectStorage aos editores de videojogos

Os jogos para Windows 10 e Windows 11 que usarem DirectStorage vão carregar muito mais depressa.
NVME
Foto - Western Digital

A Microsoft anunciou esta semana que a API DirectStorage está finalmente disponível, para ser usada pelos estúdios de desenvolvimento de videojogos. Esta tecnologia foi lançada com as consolas Xbox Series X e Series S lançadas em Novembro de 2020. Em Setembro do mesmo ano, a Microsoft anunciou que a API (Application Programming Interface) ia estar disponível também para utilização em videojogos no Windows.

A API DirectStorage utiliza a velocidade dos SSD NVMe modernos, que têm a capacidade de transferir vários GB por segundo, para carregar os dados dos jogos muito mais rapidamente. A Microsoft diz que as API relacionadas com o carregamento de dados já não estão optimizados para os métodos usados pelos jogos actuais para carregarem os dados. Isto cria atrasos que aumentam os tempos de carregamento, mesmo nos casos em que são usados SSD NVMe. Para além disto, a maioria dos dados dos jogos têm de ser descomprimidos antes de serem enviados para o GPU para serem processados.

A API DirectStorage resolve estes problemas através do processamento dos múltiplos pedidos de input e output necessários para carregar os dados em grupos e pela utilização das melhores tecnologias de descompressão actuais e futuras.

Em 2021, a Microsoft distribuiu uma versão de testes, mas ainda não existem nenhuns jogos que utilizem esta tecnologia. Um dos primeiros títulos que vão tirar partido desta API será o Forsaken da Square Enix, que será lançado para PlayStation 5 e Windows em Outubro. Outras editoras só devem ter começado agora a integrar esta tecnologia nos seus títulos. Por isso, ainda vai demorar até serem lançados mais títulos com a DirectStorage, principalmente porque os SSD NVMe ainda estão presentes em relativamente poucos computadores. Esta tecnologia vai estar disponível tanto para Windows 11, como para Windows 10, mas será no sistema operativo mais recente que vai ser possível tirar partido de todo o potencial desta API.

A Microsoft vai fazer uma apresentação da API DirectStorage na GDC em 22 de Março, onde vai dar alguns conselhos aos editores acerca de como a podem integrar nos seus produtos.