Asus ROG Phone 5S

Com o lançamento do Snapdragon 888+, a Asus decidiu aproveitar e renovar o ROG Phone 5, com a introdução da variante 5S. Serão as mudanças relevantes?

O ROG Phone 5 da Asus é, para nós, a referência em termos de smartphone dedicado ao mundo do gaming, mas o facto de ter sido lançado no início do ano fazia com que ninguém esperasse uma evolução cerca de oito meses depois. Sendo uma clara uma evolução do ROG Phone 3, o ROG Phone 5 introduziu uma nova linha de design inspirada no popular Zephyrus G14, com o logótipo ROG e iluminação RGB em formato dot matrix, algo que volta a marcar presença no novo ROG Phone 5S. Ou seja, visualmente, o novo smartphone de gaming da Asus não traz nada de novo, tirando um pormenor: o facto de ser 0,4 mm mais estreito, o que não deixa de ser importante, se tivermos em conta que continuamos a contar com a presença de um sistema de arrefecimento de alto desempenho, altifalantes estéreo e a monstruosa bateria de 6000 mAh. Esta continua a estar dividida em duas células de 3000 mAh, que voltam a garantir ao novo ROG Phone 5S uma estrondosa autonomia, fundamental para as longas sessões a jogar, com o desempenho do equipamento no máximo.

Poucas mudanças
E já que falamos em desempenho, o ROG Phone 5S que recebemos para testes vinha com a sua configuração intermédia, ou seja, com 16 GB de memória RAM do tipo LPDDR5 e 512 GB de armazenamento do tipo UFS 3.1, existindo uma variante mais básica, com 12 GB de RAM, e uma de topo com 18 GB. O ecrã mantém a grande maioria das características, ou seja, continua a ser um painel Super AMOLED de 6.78 polegadas com 144 Hz de taxa de actualização, mas este é ligeiramente mais rápido, ao permitir uma taxa de resposta ao toque de 360 Hz, o que por sua vez permitiu reduzir o tempo de resposta de 24.3 para 24 ms. Isto permite manter o ROG Phone 5S na lista dos smartphones com um dos ecrãs mais rápidos do mercado, mas a qualidade de imagem é ligeiramente pior, algo que será imperceptível para a maioria dos utilizadores.

Desempenho de topo
Porém, onde realmente se regista a maior alteração é mesmo na implementação do novo SoC (System-on-Chip) topo de gama da Qualcomm, o Snapdragon 888+. Este processador recorre a um núcleo Prime de 2,99 GHz, face aos 2,84 GHz do Snapdragon 888 do ROG Phone 5, sendo os restantes núcleos idênticos. Assim, como seria de esperar, o novo ROG Phone 5S obteve resultados extraordinariamente elevados; contudo, para tirar o máximo partido deste SoC, é fundamental utilizar o AeroActive Cooler 5, um acessório com uma ventoinha activa que serve para ajudar a arrefecer de forma eficaz o smartphone. Esta é esta a única forma de conseguirmos activar todas as características de topo, associadas ao modo X+, como o ecrã a 144 Hz. Caso contrário, sentirá que nem mesmo o sistema de arrefecimento passivo deste novo ROG Phone é capaz de lidar com a exigência térmica do Snapdragon 888+, o que resultará em throttling após algum tempo de utilização intensiva, ou seja, a frequência de funcionamento do processador irá baixar, para estabilizar as temperaturas.


Distribuidor: Asus

Preço: €1099 (versão testada)


Benchmarks

  • AnTuTu: 854 501
  • 3D Mark Wild Life: 5919
  • GeekBench 5 Single CPU: 1178
  • GeekBench 5 Multi CPU: 3673
  • GeekBench 5 OpenCL: 4806
  • PCMark Work 3.0: 17 508
  • PCMark Work 3.0 Battery: 1017 minutos

Ficha Técnica

Processador: Qualcomm Snapdragon 888+ 5G (2,99 GHz + 3 x 2,42 GHz + 4 x 1,8 GHz)
Memória: 16 GB LPDDR5
Armazenamento: 512 GB UFS 3.1
Câmaras: 64 MP f/1.8 + 13 MP f/2.4 + 5 MP f/2.0
Ecrã: 6,78” Super AMOLED 144 Hz HDR10+ (2448 x 1080) 395 ppi
Bateria: 6000 mAh
Dimensões: 172,8 x 77,3 x 9,9 mm
Peso: 238 gr


Selo PCGuia Excelência