RAMP pode ser a resposta da AMD ao XMP para optimizar o desempenho da memória DDR5 nos futuros CPU Zen 4

Com a chegada das memórias DDR5 à sua plataforma este ano, a AMD quer ter uma palavra a dizer no que respeita à sua optimização.
CORSAIR_DDR5
Imagem - Corsair

O JEDEC foi fundado em 1958, com o nome Joint Electron Device Engineering Council. Originalmente, tinha duas secções: uma para os semicondutores e outra para válvulas. Hoje em dia, o grupo é conhecido como Joint Solid State Technology Association. A JEDEC é o grupo que define os padrões para os produtos de memória e são estes padrões que permitem a qualquer pessoa montar um PC, instalar memória, e não ter de andar a configurar tudo à mão.

No entanto, todas as facilidades na instalação e configuração destes componentes, nem sempre são sinónimos do melhor desempenho. Isto porque, nestes padrões,  JEDEC define apenas o valor do desempenho mínimo que se espera que um computador atinja quando usa um determinado hardware. Estas definições vão sendo refinadas à medida que os componentes evoluem, mas mesmo no início da sua implementação, alguns produtos de novas gerações conseguem ultrapassar largamente o desempenho base definido pelo JEDEC.

É por esta razão que a Intel criou os eXtreme Memory Profiles, ou XMP. De uma forma simples, o Intel XMP é a forma que foi encontrada para acrescentar mais perfis de desempenho ao padrão definido pelo JEDEC, que estão incluídos nos módulos de memória DRAM. Estes perfis podem definir velocidades de relógio diferentes, temporizações e voltagens para os módulos de memória que se sabe que conseguem ultrapassar o desempenho padrão mínimo definido para um determinado tipo de memória.

Apesar de os XMP ter sido criado pela Intel, a esmagadora maioria das motherboards para processadores AMD também usam estes perfis para optimizar o desempenho, mas mudam-lhe os nomes para ‘A-XMP’ na motherboard MSI, ‘DOCO’ nas motherboard Asus ou ‘EOCP’ na Gigabyte.

Agora, aparentemente, a AMD quer lançar o seu próprio padrão de optimização para as novas memórias DDR5 e, se os dados que apareceram no HWiNFO estiverem correctos, esta nova tecnologia chama-se RAMP.

Imagem – Computerbase

Esta informação vem do site alemão ComputerBase, que perguntou ao responsável pelo software HWiNFO64. E, segundo ele, RAMP quer dizer ‘Ryzen Accelerated Memory Profile’. O programador não deu muitos detalhes acerca da forma como o RAMP difere do XMP e acabou por remover todas as referências a esta nova tecnologia nas notas de lançamento da versão mais recente deste programa, substituindo-as pelo termo “Enhanced support of future AMD AM5 platforms.”

XMP3
Imagem – Intel

A versão mais recente do XMP, a 3.0, foi anunciada em Outubro do ano passado e a AMD não deu qualquer detalhe acerca do RAMP, mas esperam-se novidades quando a empresa apresentar oficialmente os novos processadores no segundo ou terceiro trimestre de 2022.