O Gestor de Tarefas do Windows 11 também vai receber um facelift

A nova versão do Gestor de Tarefas (Task Manager) do Windows 11 vai permitir ser usado em modo escuro.
TaskMan
Foto - Gustave Monce/Microsoft

A Microsoft está a preparar uma alteração gráfica ao Gestor de Tarefas (Task Manager) no Windows 11. Tal como está a acontecer com o resto do sistema operativo, o Gestor de Tarefas também vai receber um novo design, que reflecte a nova linguagem Fluent Design. No entanto, parece que a Microsoft escondeu o novo design nas profundezas das mais recentes versões de teste do Windows 11. Mas Gustave Monce, um estudante que conseguiu pôr o Windows 11 a funcionar num telefone, descobriu as alterações e partilhou-as no Discord esta semana.

É possível ligar o novo Gestor de Tarefas nas mais recentes versões de teste do Windows, mas a Microsoft não fez qualquer anúncio oficial desta alteração. Segundo Monce: “Esta é uma funcionalidade escondida na nova versão. Ainda não funciona como deve ser, nota-se que o desenvolvimento ainda está no início, mas já inclui uma interface em modo escuro que está de acordo com as alterações gráficas que a Microsoft fez no Windows 11, como os cantos arredondados, cores e simplificação da interface.”

Os separadores que estão presentes no Gestor de Tarefas actual, são substituídos por uma barra lateral, que permite alternar entre as várias visualizações da aplicação. O Gestor de Tarefas, foi lançado originalmente no Windows NT 4.0 e não sofreu muitas alterações significativas em cerca de 10 anos, quando foi revisto com o lançamento do Windows 8.

A Microsoft está a modernizar e a redesenhar a interface de várias aplicações padrão do Windows, como o novo Media Player, que está em fase de testes, ou o Notepad, que também vai ter a possibilidade de ser usado em modo escuro.