Investimento seed no valor 1,3 milhões de euros vai ajudar a startup portuguesa Meight a entrar no mercado alemão

O financiamento foi liderado pela Faber e contou com a participação da Lusiaves SGPS, Superlyst, European Institute of Innovation and Technology, Dispatch Ventures e alguns business angels.

A Meight anunciou que conseguiu uma ronda de financiamento seed no valor de 1,3 milhões de euros. A startup nacional, fundada por Luís Mendes e António Reis (na foto), criou uma plataforma de inteligência artificial que é capaz de «prever, monitorizar e gerir as operações de terreno, do transporte de mercadorias, nomeadamente a gestão de consumo de combustível e de todas as tarefas de trabalho».

O investimento vai servir para a startup dar início ao seu processo de internacionalização na Alemanha e acelerar o reforço da equipa, com «o recrutamento de engenheiros de software, para continuar o desenvolvimento da infraestrutura de dados».

O financiamento foi liderado sociedade de capital de risco portuguesa Faber e contou ainda com a participação da Lusiaves SGPS, da Superlyst, do European Institute of Innovation and Technology (EIT), da Dispatch Ventures e de alguns business angels.

Luís Mendes, CEO da Meight, explica que a empresa «acredita que em cada viagem, transportadoras e motoristas podem gastar menos e usar menos recursos» e que a tecnologia desenvolvida pela startup «pretender trazer a indústria para a nova era digital».

A solução liga-se aos «vários serviços existentes, nomeadamente de telemetria, gestão de recursos, gestão de tráfego, etc… recolhe resultados e, através de machine learning, processa os dados e transmite aconselhamento activo, e em tempo real, aos motoristas através de um smartphone».

Segundo a Meight, o objectivo é aumentar a eficiência e segurança do transporte de mercadorias, assim como das várias tarefas acessórias que os motoristas têm de realizar para garantir um bom serviço. A empresa tem já dados de 20 milhões de quilómetros feitos por motoristas e a sua plataforma é compatível com 75% das marcas de camiões na Europa.