Como usar o modo ‘Super Duper Secure Mode’ do Edge em Windows 10, Windows 11 e em outros sistemas operativos

O nome pode parecer estranho, mas é apenas um nome que a equipa de desenvolvimento deu a uma nova funcionalidade de segurança que ainda está em fase de testes.
Microsoft Edge Chromium
Microsoft

Apesar das tácticas que a Microsoft tem empregado para fazer com que os utilizadores do Windows 10 e 11 comecem a usar o mais recente browser Edge, a aplicação é baseada no motor que também faz funcionar o Chrome e não está nada má. A empresa tem vindo a acrescentar algumas funcionalidades que não estão no original e até tem uma funcionalidade de segurança chamada ‘Super Duper Secure Mode’.

O que é o Super Duper Secure Mode?

Claro que ‘Super Duper Secure Mode’ não é o nome oficial desta funcionalidade, até porque ela ainda está em testes. Trata-se de um nome temporário que a equipa de desenvolvimento lhe deu.

Mas o que é que faz esta funcionalidade? A equipa de segurança da Microsoft descobriu que o motor JavaScript V8 tem várias vulnerabilidades que podem ser exploradas. Este motor usa um sistema JIT (Just-In-Time Compilation), que serve para ajudar a acelerar a execução do código JavaScript que está nas páginas a que o utilizador acede. Ao mesmo tempo, este sistema pode expor algumas vulnerabilidades do Edge.

Como já foi mencionado, o JIT existe para acelerar a experiência de utilização do browser, mas, segundo a Microsoft, se este sistema for desligado nem sempre há um impacto significativo no desempenho do browser. O ‘Super Duper Secure Mode’, também liga a tecnologia CET (Control-flow Enforcement Technology), um sistema de prevenção da exploração de vulnerabilidades, desenvolvido pela Intel, que aumenta a segurança do browser.

Como ligar o ‘Super Duper Secure Mode’

Este processo é muito simples e funciona nas versões do Edge para Windows 10, Windows 11, macOS e Linux.

Abra o browser e clique nos três pontos, que estão no canto superior esquerdo da janela e depois clique em ‘Definições’.

Edge_1

Na janela ‘Definições’, clique em ‘Privacidade, pesquisa e serviços’, que está na coluna da esquerda.

Edge_2

Faça scroll até à secção ‘Segurança’ e ligue o interruptor junto a ‘Activar mitigações de segurança para uma experiência de browser mais segura’.

Edge_3
Agora que já sabe ligar esta funcionalidade, resta saber que a opção ‘Equilibrado’ fica ligada por defeito e é a recomendada. Esta opção adiciona alguns níveis de segurança quando visita sites a que não vai muitas vezes e bloqueia muitas das ameaças de segurança.

Se não estiver contente com este nível de segurança, pode optar por ‘Restrito’. Esta opção liga o sistema de segurança para todos os sites que visita, mas alguns podem deixar de funcionar como esperado.

A última opção é a ‘Excepções’. Aqui, pode indicar sites específicos que queira que sejam ignorados pelo sistema de segurança. Basta clicar no sinal de maior que está à direita, depois clicar em ‘Adicionar um site’ e inserir o URL do site.