Canon não vai lançar mais câmaras reflex (DSLR) EOS-1

Segundo palavras do seu CEO, a Canon vai abandonar a tecnologia de espelhos das câmaras de topo EOS-1, passando a apostar em exclusivo na tecnologia mirrorless.

Demoraram algum tempo até investir no mercado das mirrorless, mas a Canon anunciou que o lançamento da EOS 1D X Mark III, que ocorreu em 2020, foi o último da marca, em termos de câmaras reflex (DSLR – Digital Single Lens Reflex). Foi o próprio CEO da Canon, Fujio Mitarai, quem proferiu tal afirmação: “A linha flagship SLR da Canon é conhecida como série EOS-1, tendo aparecido originalmente em 1989. A EOS 1D X Mark III, lançada em 2020, será o seu último modelo.

Esta afirmação só vem comprovar aquilo que à muito se esperava, que a Canon abandonasse de vez o formato reflex, para apostar em exclusivo no mundo das câmaras sem espelho (mirrorless), como os modelos EOS R. Recentemente a Canon lançou a impressionante EOS R3, uma espécie de modelo híbrido, que oferece todas as capacidades da EOS 1D X Mark III, com a portabilidade e as novas tecnologias da EOS R5.

Isto significa que a Canon junta-se assim ao clube de fabricantes que já deram este passo anteriormente, como a Sony e a Fujifilm, mas significa igualmente que o encaixe EF, bem como as objectivas que o utilizam, terão os dias contados, abrindo assim caminho às mais modernas objectivas RF.

Porém, não foram dadas informações sobre quais serão os planos da Canon ao nível do segmento de entrada, com sensores APS-C, nem no segmento profissional de vídeo (EOS Cinema), embora o seu último lançamento, a EOS C70, já utilize o novo encaixe RF.