XFX lança placa AMD BC-160 exclusiva para mineração

Se gostaria de entrar no mundo da mineração de Ethereum, o Aliexpress tem disponível a nova placa AMD BC-160, capaz de 73 MH/s a 130W, por mais de 2200 euros

A mineração de criptomoedas tem-se revelado como sendo um mercado muito lucrativo para os fabricantes, razão pelo qual tanto a própria Nvidia como a AMD decidiram lançar as suas linhas de placas específicas para esta finalidade. Estes lançamentos permitiram reaproveitar GPUs que, muito provavelmente, não passaram os testes de qualidade para serem utilizadas como placas gráficas tradicionais, mas que são mais que suficientes para o processamento de dados de mineração de criptomoedas como Ethereum.

Para tal, a Nvidia criou a série CMP HX, que tem modelos como a impressionante CMP 170HX, que usa o GPU Ampere G100, e que consegue ter um hash-rate de 164 MH/s. Mas também a AMD tem a sua gama BC, de Blockchain Compute, tendo já sido encontrado um modelo da XFX, equipado com GPU Navi21 (o mesmo das Radeon RX 6800 e 6900), só para esta finalidade.

Desta vez foi na própria loja do Aliexpress que se encontra um novo modelo, uma XFX BC-160, uma placa que tem um custo de 2231 euros, e que tem a particularidade de vir equipada com um “velhinho” GPU Navi 12, o mesmo que equipa placas como as AMD Radeon Pro V520 e Radeon Pro 5600M, mas que é capaz de fazer 73 MH/s (pode chegar aos 86 MH/s) com um consumo energético de apenas 130W.

Para tal, a XFX decidiu equipar este GPU de apenas 36 unidades computacionais e 2304 processadores de stream, de 8 GB de memória do tipo HBM2, ou seja, tem um barramento de 2048-bit, o que a torna bem mais eficaz a minerar Ethereum (por exemplo) que uma Radeon RX 6800 XT, que utiliza um GPU muito superior, e uma maior quantidade de memória (16GB), oferecendo esta um hashrate de 64 MH/s, com o mesmo nível de consumo de energia.