Sony Alpha 7 IV

A análise à câmara fotográfica que tem tudo para ser a nova referência de mercado.

O facto de ser, muito provavelmente, a câmara mais importante da família Alpha, levou a que a Sony demorasse três anos para lançar a sucessora da Alpha 7 III. Inspirada nas melhorias introduzidas pela A7S III, a nova A7 IV tem melhor ergonomia, um novo visor electrónico de alta resolução com 120 Hz, um novo ecrã táctil externo de ângulo variável e abertura lateral, um maior conjunto de ligações (incluindo USB-C 3.2 Gen2 e HDMI), e reorganização dos botões, ao incluir mais rodas de selecção e botão de REC no topo, facilitando o início da captura de vídeo.

Internamente, esta máquina conta com um novo sensor Exmor R CMOS full-frame de 33 MP, capaz de captar imagens de elevadíssima qualidade, com maior alcance dinâmico e diminuição de ruído em situações de fraca luminosidade, auxiliado pelo duplo processador Bionz XR. Este elemento dá um contributo fundamental para garantir 10 fps em RAW de captação sequencial, bem como gere de forma exemplar o sistema de focagem automática com 759 pontos AF, que cobrem 94% da superfície do sensor. O sistema está mais rápido, mais preciso,e consegue seguir a cara e os olhos de pessoas ou animais, incluindo aves, tanto em fotografia como em vídeo. E já que falamos em vídeo, o sensor tem uma resolução 7K, sendo esse sinal convertido (sobreamostragem) para 4K a 24p, garantindo uma qualidade extraordinária. Se optar pelos modos 30p e 60p, a A7 IV efectua um recorte da superfície do sensor. Com todas estas melhorias, a nova Alpha 7 IV tem tudo para ser a nova referência de mercado, tal como tem sido até então a A7 III.

Nota: 5/5
sony.pt | €2800 (corpo)