Qualcomm anunciou dois novos processadores para PC Windows on ARM

Segundo a Qualcomm, os novos processadores 8cx e 7c+ Gen 3 conseguem aumentar signficativamente o despennho do Windows on ARM.

Embora os novos chips não fazerem parte da família Nuvia, que marca a nova geração de processadores da Qualcomm, que devem chegar ao mercado em 2023, vão permitir o maior salto de desempenho de sempre ao sistema operativo Windows on ARM, a versão do Windows para processadores não x86. Estes novos chips incluem também novas tecnologias, como inteligência artificial, Wi-Fi 6e e 5G.

Os novos Qualcomm Snapdragon 8cx e 7c+ Gen 3 devem chegar aos computadores pessoais na primeira metade de 2022 e são os primeiros chips para sistemas operativos Windows que são fabricados segundo um método de 5 nm.

A Qualcomm diz que o 8cx Gen 3 é substancialmente mais poderoso que o Gen 2, que equipa o Microsoft Surface Pro X SQ2 e o HP Elite Folio, com um aumento de desempenho de 40% no processamento usando um único núcleo, 85% em processamento usando vários núcleos e mais 60% de desempenho em gráficos em relação ao 8cx Gen 2.

snapdragon_8cx
O esquema do Snapdargon 8 CX Gen 3.

Os valores anunciados pela Qualcomm não parecem estar a ser exagerados. No ranking do Geekbenck, um dispositivo desconhecido da Lenovo, com 8cx Gen 3 obteve um resultado de 1010 em processamento com um único núcleo, o que coloca a par com o Lenovo Yoga C740, que tem um processador Intel Core i5-10210U.

Já os resultados dos testes com vários núcleos são mais interessantes. Nestes testes, o mesmo dispositivo obteve 5533, o que o coloca acima do HP Spectre x360 14, que usa um processador Intel Core i7-1165G7.

Embora estes resultados fiquem abaixo dos obtidos por dispositivos com os chip M1 da Apple, a combinação de desempenho acima de um Intel Core i7 e da muito mais vida da bateria pode ser o suficiente para convencer muitos utilizadores.

Segundo a Qualcomm, os dispositivos com estes chips têm uma vida de bateria de “mais de 25 horas”, mas claro que tudo depende da forma como são utilizados.

A Intel deve apresentar os seus processadores de 12ª geração para dispositivos móveis na CES 2022. Estes novos chips vão, de certeza, usar o mesmo design dos núcleos de processamento que os modelos já disponíveis para computadores desktop.