Microsoft Surface Go 3

O Surface Go 3 quer continuar a ser a nova referência, no que toca a dispositivos compactos equipados com Windows 11. Será que oferece melhorias significativas face ao seu antecessor?

os seus principais equipamentos, mas aparentemente o Surface Go 3 ficou fora da lista, uma vez que é visualmente idêntico ao anterior. Mantém-se o formato 2-em-1, o peso (544 gr), as dimensões compactas e as poucas ligações: temos apenas USB-C, leitor de cartões Micro SDXC e saída jack de 3,5 mm para auscultadores. O ecrã é idêntico ao do seu antecessor, tanto a nível de dimensões (10,5 polegadas), como de resolução (1920 x 1280), sendo capaz de reproduzir imagens de boa qualidade e de permitir uma excelente experiência táctil através da interface gráfica do novo sistema operativo (Windows 11 S), usando os dedos ou a Surface Pen.

Actualização imperceptível
Ao contrário do que aconteceu com o seu antecessor, que ofereceu melhorias significativas face ao Surface Go original, as novidades do Surface Go 3 são, no mínimo, parcas.

Essencialmente, passam a estar disponíveis dois novos processadores mais recentes, um Intel Pentium Gold 6500Y de dois núcleos a 1,1 GHz (até 3,4 GHz em modo Turbo Boost), sendo-nos dada a opção de um Intel Core i3-10100Y, também ele limitado a dois núcleos e 1,3 GHz de velocidade base (até 3,9 GHz). O resto da configuração manteve-se inalterada, sendo dada a opção de escolher 4 ou 8 GB de memória RAM (do tipo LPDDR3) e 64 ou 128 GB de armazenamento, com o primeiro a ser disponibilizado numa unidade eMMC, o que garante ¼ do desempenho da unidade SSD que está na versão de 128 GB. O já referido leitor de cartões Micro SDXC poderá ser usado para expandir a capacidade de armazenamento do equipamento.

Experiência limitada
É certo que a gama Surface Go nunca foi criada com o intuito de substituir o Surface Pro, já que as suas dimensões são significativamente mais compactas e o é preço mais contido. Porém, como pode perceber, tendo em conta as características técnicas deste equipamento, não será de estranhar um desempenho bastante limitado, algo facilmente comprovável pelos resultados dos testes. Ainda assim, em termos de autonomia, o Surface Go 3 não esteve muito longe das onze horas anunciadas pela Microsoft.

A versão que testámos (8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento) tem um PVP de 619 euros, valor esse que sobe significativamente à medida que formos escolhendo acessórios como a Surface Go Type Cover com teclado (116,99 euros), a caneta digital para Surface (€114,99 euros) e o Microsoft USB-C Travel Hub (109,99 euros), este último essencial para aumentar a versatilidade deste equipamento, com a disponibilização de portas adicionais USB-C 3.2 Gen2, USB 3.2 Gen2, Gigabit Ethernet, VGA e HDMI 2.0.

 

Distribuidor: Microsoft

Preço: €619

 

PCMark 10 Essential: 5866

PCMark 10 Productivity: 4306

PCMark 10 Battery Modern Office: 593 minutos

3D Mark Cloudgate: 5551

 

Ficha Técnica

Processador: Intel Pentium Gold 6500Y a 1,1 GHz
Memória: 8 GB LPDDR3
Armazenamento: 128 GB SSD
Placa Gráfica: Intel UHD Graphics 615
Ecrã: 10,5” táctil (1920 x 1280)
Ligações: USB-C, leitor de cartões Micro SDXC, jack 3,5 mm
Dimensões: 245 x 175 x 8,3 mm
Peso: 544 gr