Linux retira compatibilidade de instruções AMD 3DNow!

Passados 23 anos, as instruções AMD 3DNow! deixam de ser, oficialmente, suportadas pelo Kernel de Linux, a partir da versão 5.17.
AMD K6
O AMD K6.

Lançadas em 1998, as instruções AMD 3DNow! adicionavam 21 novas instruções SIMD à base de instruções x86, o que permitia melhorar o desempenho em operações de cálculos de virgula flutuante (FPU) em videojogos, na reprodução de vídeo e até em aplicações profissionais, como edição de imagem no Photoshop.

Desde então, estas instruções foram sendo aplicadas em todos os processadores AMD, até terem sido substituídas pelas dominantes instruções SSE, criadas pela Intel, aquando o lançamento do Pentium 3. Oficialmente, a AMD deixou de aplicar as instruções 3DNow! nos processadores Phenom II, em 2008.

Curiosamente, o Kernel base do Linux manteve as instruções AMD 3DNow” no seu código até à actual revisão Linux 5.16, ou seja, ao longo de 23 anos. Com a introdução da futura revisão 5.17, estas instruções deixam de ser aceites pelo Kernel do Linux, mas isso não significa que os processadores que as utilizam deixem de ser compatíveis, apenas deixam de poder usar essas instruções adicionais.