Xiaomi 12 vai usar três sensores de 50 MP e 12 Ultra “câmaras” Leica

Após o fim da parceria com a Huawei, a Leica deverá regressar ao mundo dos smartphones, desta vez com o novo Xiaomi 12 Ultra, que será ser lançado em 2022.

Previsto para o final do presente ano está o lançamento da nova série de smartphones de topo da Xiaomi, que perdem agora a designação Mi, passando a chamar-se somente como Xiaomi 12. Segundo os últimos rumores, este smartphone deverá utilizar o novo SoC da Qualcomm, o Snapdragon 898, bem como um sistema de três câmaras traseiro composto apenas por sensores de 50 MP cada.

Ou seja, ao contrário do Mi 11 Ultra, que utilizou um sensor principal de 50 MP e dois sensores de 48 MP para a ultra grande angular e a telefoto, o novo Xiaomi 12 utilizará um sensor de 50 MP no sensor principal, 50 MP na ultra grande angular e 50 MP no telefoto. Já o Xiaomi 12 Ultra, que só deverá ser lançado no início do próximo ano, teremos novidades importantes.

Câmara traseira Xiaomi Mi 11 Ultra

Aparentemente, depois de terem terminado a parceria no início do presente ano, a Leica alia-se agora a outro fabricante chinês, a Xiaomi, sendo o futuro Xiaomi 12 Ultra o primeiro equipamento a tirar partido desta parceria.

Será curioso verificar como se irá processar esta associação, uma vez que o Xiaomi 12 Ultra será igualmente o primeiro equipamento a utilizar o futuro sensor de imagem da Samsung, o ISOCELL HP1 de 200 MP. O mais provável será a associação da Leica no processamento das cores da imagem, conferindo um maior realismo e maior fidelidade nas imagens captadas.