Tesla troca processador Intel por AMD para os sistemas de infoentretenimento do Model Y

Os Tesla Model Y Performance, fabricados na China, estão a receber novos sistemas de infoentretenimento, equipados com processadores AMD Ryzen.

Já sabíamos que a Tesla está a utilizar APUs AMD Ryzen nos novos Model S e Model X, mas segundo uma descoberta recente, a Tesla estará a implementar processadores AMD Ryzen também no Model Y, pelo menos nas variantes Performance, que são fabricados na Gigafactory na China.

A confirmar-se esta alteração, a Tesla abandona assim os actuais processadores Intel Atom, que têm sido utilizados desde o lançamento do Model 3, e que por sua vez vieram substituir os anteriores SoC da Nvidia. A Tesla ainda não anunciou nada relativamente a esta alteração, mas a mesma deverá estar relacionada com o baixo desempenho dos processadores Intel Atom, face aos processadores Ryzen da AMD.

Isto poderá, no entanto, levantar novas questões relacionadas com as actuais falhas no fornecimento de componentes semicondutores, uma vez que os processadores e APUs da AMD são todos produzidos pela TSMC (usando um processo de 7 nm), que tem sido um dos fabricantes (e fornecedor de fabricantes) mais afectados pelas actuais falhas.